O gênero apocalíptico na literatura judaica intertestamentária: reflexões à luz da teoria literária em diálogo com a teologia

Cristiano Camilo Lopes

Resumo


Neste artigo, propõe-se discutir a formação, composição e características do gênero apocalíptico. Para isso, são feitas considerações sobre o conceito de gênero literário à luz da Teoria Literária (COELHO, WELLEK; WARREN, MARCUSCHI, ZILBERMAN) e dos estudos da Teologia e da Hermenêutica (COLLINS, COSTA, KOSTENBERGER; FEE; STUART, PATTERSON, OSBORNE, ROWLEY, RYKEN). A princípio, levou-se em consideração as propostas da Teoria Literária e de teólogos bíblicos serviram de referencial teórico para o desenvolvimento das discussões conceituais do gênero. Em seguida, avaliou-se o contexto histórico do Período Interbíblico (aspectos sociais, culturais e religiosos), com vista a observar sua relação com a configuração interna do gênero apocalíptico (texto-contexto, forma, conteúdo, função). E, por fim, verificou-se que o gênero apocalíptico apresenta características específicas que o singularizam e que puderam ser descritas com base nas discussões propostas nesta pesquisa. Dentre esses elementos destacam-se: um meio de comunicação visionário ou revelatório; linguagem simbólica, figurada e metafórica; dualismo entre as realidades terrena e celestial.


Palavras-chave


literatura apocalíptica; período interbíblico; gêneros literários

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2019v17n52p196-225

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada sob uma Attribuiton 4.0 Internacional:  
Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

 

Redes Sociais:

 

 

Filiada: Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



 

Presença em algumas bibliotecas no exterior: