Combustível da fé: mudança socioeconômica e rearranjo religioso em Macaé – RJ

Leonardo Gonçalves de Alvarenga, Fabio Py Murta de Almeida

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar as mudanças socioeconômicas ocorridas na cidade de Macaé a partir de 1980 e seus efeitos sobre o campo religioso, com foco nos evangélicos e nos sem-religião. A metodologia lança mão de dados quantitativos do IBGE e procura analisar esses dados para ultrapassar uma leitura superficial e avançar na análise desse campo religioso complexo, que está diretamente relacionada à chegada da Petrobras na cidade de Macaé, inaugurando uma nova era na região, com a injeção de capital na cidade. Nesse sentido, percebe-se o desenvolvimento urbano na região ocorreu sob o impacto da multinacional Petrobras, ocasionando a criação de diferentes mercados e oportunidades de investimentos, fazendo com que as instâncias religiosas fossem reorganizadas em uma nova configuração do campo religioso macaense. Para tal argumentação nos basearemos no pensamento social de Danièle Hervieu-Léger, quando reconhece que a modernidade e a urbanização se relacionam diretamente com as mudanças e as novas modulações sociorreligiosas.  


Palavras-chave


impactos; petróleo; religião; pluralismo religioso; evangélicos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2019v17n52p389-413

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada sob uma Attribuiton 4.0 Internacional:  
Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

 

Redes Sociais:

 

 

Filiada: Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



 

Presença em algumas bibliotecas no exterior: