Feminilidade e lágrimas na literatura clássica, na Bíblia hebraica e na literatura rabínica

  • Daniela Susana Segre Guertzenstein PNPD CAPES PPGS DS FFLCH USP
Palavras-chave: choro, maternidade, Bíblia hebraica, literatura rabínica, Judaísmo

Resumo

A literatura dissemina crenças, mitos, valores culturais e ideologias que revelam conceitos de moralidade das épocas e dos ambientes em que foram produzidas. Esse artigo propõe investigar os personagens masculinos e femininos em diferentes literaturas para analisar a figura feminina e o choro maternal na Bíblia hebraica e na literatura rabínica (judaísmo). A literatura hebraica rabínica transmite tradições de práticas socializantes. Nesse contexto, entende-se a construção de arquétipos de gênero a partir da Bíblia hebraica e do universo literário hebraico rabínico do judaísmo ortodoxo. Determinam-se, assim, modelos sexistas específicos religiosos e seus padrões sociais. O objetivo deste artigo é apresentar versículos bíblicos hebraicos e a exegese rabínica dos textos que tratam do choro maternal. Revela-se que os homens são progenitores e as mulheres devem ser instintivamente maternas, porque ter filhos é o papel central feminino. A pesquisa incita a reflexão sobre a simbologia do choro maternal como padecimento sagrado, como um ato altruísta, que em várias religiões, doutrinas e culturas, transcendem a própria maternidade percebida como sacrifício.

Biografia do Autor

Daniela Susana Segre Guertzenstein, PNPD CAPES PPGS DS FFLCH USP
Graduada em Comunicação Social - Jornalísmo pela PUC/SP e Judaísmo pelo Instituto de Educação Superior Hadar HaTorah Yeshiva University; mestrado em Jornalísmo - Comunicação Social pela Universidade Hebraica de Jerusalém, e; doutorado (assunto: Judaísmo e Tecnologia no Ensino) pelo DLO/FFLCH - USP. Atua principalmente nos temas: Tecnologia, Educação, Orientação Pedagogica e Profissional. Especialização em História, Literatura Rabínica e Idioma Hebraico. Interesse no desenvolvimento de pesquisas sobre identidades transnacionais.
Publicado
30-04-2019
Como Citar
GUERTZENSTEIN, D. S. S. Feminilidade e lágrimas na literatura clássica, na Bíblia hebraica e na literatura rabínica. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 17, n. 52, p. 68-92, 30 abr. 2019.