HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte <p><strong><em>HORIZONTE</em></strong> é uma publicação quadrimestral do Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), classificada como A1 no QUALIS (Plataforma Sucupira/CAPES - Brasil).</p> <p><strong>Missão</strong>: <strong><em>HORIZONTE</em></strong> tem por objetivo veicular trabalhos científicos que contribuam para o avanço da pesquisa na área de Ciências da Religião e Teologia e para a formação acadêmica crítica e integral, aberta ao diálogo, à perspectiva interdisciplinar e à pluralidade de ideias.</p> pt-BR <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt;">Submeto (emos) o presente trabalho, texto original e inédito, de minha (nossa) autoria, à avaliação de&nbsp;<strong>Horizonte</strong>&nbsp;- Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, e concordo (amos) em compartilhar esses&nbsp;<span class="il">direitos</span>&nbsp;<span class="il">autorais</span>&nbsp;a ele referentes com a &nbsp;Editora PUC Minas, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele,&nbsp;pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos,&nbsp;sempre dentro dos limites da legislação de&nbsp;<span class="il">direito</span>&nbsp;de autor e de&nbsp;<span class="il">direitos</span>&nbsp;conexos”, em qualquer&nbsp;meio de divulgação, impresso ou eletrônico, desde que se atribua créditos ao texto e à autoria, incluindo as referência à&nbsp;<strong>Horizonte</strong>. Declaro (amos) ainda que não existe conflito de interesse entre o tema abordado, o (s) autor (es) e empresas, instituições ou indivíduos.</p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt;">&nbsp;</p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt;">Reconheço (Reconhecemos) ainda que <strong>Horizonte </strong>está licenciada sob uma <strong><span lang="EN-US" style="line-height: 115%;">LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0)</span></strong><strong><span lang="EN-US" style="line-height: 115%;">:</span></strong></p> <p><a href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/" rel="license"><img style="border-width: 0;" src="https://i.creativecommons.org/l/by/4.0/88x31.png" alt="Licença Creative Commons"></a></p> <p>Este obra está licenciado com uma Licença <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/" rel="license">Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a>.</p> <p>Por isso, PERMITO (PERMITIMOS), "para maximizar a disseminação da informação",&nbsp;que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original.</p> <p>&nbsp;</p> horizonte.pucminas@gmail.com (Carlos Frederico Barboza de Souza) horizonte.pucminas@gmail.com (Brasil Fernandes) ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 OJS 3.1.2.1 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Manual de submissão de artigos para Horizonte: Open Journal System (OJS 3.0) http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/26250 <p>O objetivo deste manual é orientar pesquisadores e autores que desejem submeter seus textos à revista <strong>HORIZONTE.</strong></p> Brasil Fernandes de Barros Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/26250 seg, 06 set 2021 21:51:37 +0000 Pope Francis and the changes in the global governance of the Catholic Church http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27763 <p>O artigo analisa alguns aspectos do estilo de governo do papa Francisco e do contexto geral do tema de uma reforma sinodal da Igreja Católica no mundo global. Nesse sentido aborda as questões do significado de <em>Ecclesia semper reformanda</em> em uma Igreja globalizada; da colegialidade episcopal à sinodalidade eclesial e ao processo sinodal 2021-2023; da relação entre o Papa Francisco e a Cúria Romana; dos problemas com a globalização da Igreja; e do significado da governança da Igreja global na era da crise dos abusos sexuais. O artigo enquadra as decisões e escolhas mais importantes do papa Francisco no governo da Igreja Católica na característica mais indiscutível do pontificado: o reposicionamento de um eixo teológico e geopolítico estritamente europeu e norte-americano a fim de abraçar a vocação global do catolicismo. Isso implica em algumas mudanças que marcaram época no que diz respeito ao papel do Vaticano, sua relação com as igrejas locais e as conferências episcopais, assim como a ideia de reforma da igreja.</p> Massimo Faggioli Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27763 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 Le grand tournant du pontificat de François: changements et perspectives dans l'Eglise famille de Dieu en Afrique http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27421 <p>Le pape François se retrouve à la tête d’une Eglise confrontée à de grandes difficultés. Il a lancé et poursuivi des chantiers que son prédécesseur a eu du mal à faire avancer. Il a su se placer au centre des discussions essentielles de notre époque : la richesse et la pauvreté, l'équité et la justice, la transparence, la modernité, la mondialisation, le rôle de la femme, l’ouverture de la prêtrise aux femmes, la nature du mariage, l’accueil des divorcés remariés, les tentations du pouvoir, &nbsp;les <strong>relations avec l'islam, la lutte contre la pédophilie, les finances du Saint-Siège, </strong>l’abolition du célibat ecclésiastique, <strong>la gouvernance de l'Eglise, la redynamisation de la foi en Europe. Même si nous n’allons pas aborder tous ces thèmes, le pape pour sa part </strong>n’a guère d’autres solutions que de poursuivre dans la route déjà empruntée&nbsp;pour une Église à géométrie variable. Au-delà de sa personne, il s’agit de l’Eglise et, surtout de l’accueille du Christ par notre société contemporaine dans sa diversité culturelle. Ce qui est frappant c’est de voir comment le Pape François catalyseur, conçoit son ministère à travers l’écoute des pasteurs qui ont eux-mêmes écouté le peuple. Il insiste souvent sur l’enjeu de la liberté de parole et de débat. D’où la place que nous avons à la riche culture africaine.</p> Anne Béatrice Faye Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27421 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 Hacia una eclesialidad sinodal ¿Una nueva comprensión de la Iglesia Pueblo de Dios? http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27741 <p>La actual etapa en la recepción del Concilio Vaticano II se caracteriza por recuperar la primacía hermenéutica del capítulo II de Lumen Gentium. De este modo se reconoce el carácter vinculante y permanente del sensus fidei fidelium en la construcción del consensus omnium fidelium. El presente artículo ofrece una profundización de esta eclesiología del Pueblo de Dios a la luz de una reconfiguración sinodal. Esto implicará una renovación de la identidad y la vocación de los sujetos eclesiales, y una reforma de la organización y el funcionamiento de las estructuras. En esta nueva etapa se reconoce a la sinodalidad como dimensión constitutiva de la Iglesia. Sin embargo, esto supone diseñar un nuevo modo de proceder eclesial. En este sentido, proponemos que el reto actual debe enfocarse en la construcción de una eclesialidad sinodal que genere un proceso de sinodalización de toda la Iglesia. Se trata de crear la circularidad entre la escucha, el discernimiento, la elaboración y la toma de decisiones en la Iglesia, ya que la eclesiología del Pueblo de Dios nos enseña que en los procesos sinodales se expresa el sensus ecclesiae totius populi y no solo el sensus ecclesiae de la jerarquía. El presente artículo pretende ofrecer el marco hermenéutico para construir una eclesialidad sinodal, lo cual supone, una relectura y profundización de la Eclesiología del Pueblo de Dios, como la presentaremos en este artículo.</p> Rafael Luciani Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27741 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 O papa Francisco na agenda do Concílio Vaticano II: por uma Igreja servidora e pobre, a serviço do Evangelho e do Reino http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/26935 <p>Postulando que o papa Francisco continua a agenda inacabada do Concílio Vaticano II, os autores propõem, por meio de análise bibliográfica, uma releitura de três textos importantes, evidenciando sua relação com o pontificado de Francisco, na perspectiva da recepção conciliar: primeiro, resgata-se o documento do Pacto das Catacumbas, ainda pouco refletido, mas indissociável do concílio e de sua recepção, sobretudo em nosso continente, revelando um caminho de conversão e compromisso da Igreja dos pobres e para os pobres; na sequência, analisa-se alguns aspectos das duas constituições dogmáticas do concílio, a <em>Dei Verbum </em>e a <em>Lumen Gentium</em>, matrizes importantes para o atual pontificado, em sua dinâmica de reforma, <em>aggiornamento</em> e renovação. Ao final, percebe-se que restam concretos nas palavras, gestos e atitudes de Francisco os eixos temáticos desses textos: o princípio da pastoralidade, a centralidade do Evangelho e o deslocamento de uma Igreja em processo de saída, indicando que documentos acabam por se revelar agendas ainda abertas no século XXI.</p> Pedro Rubens Ferreira Oliveira, Degislando Nóbrega de Lima Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/26935 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 O discurso missionário de Mt 10,5-16 e a eclesiologia missionária de Francisco http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/25257 <p>O presente artigo se propõe a perceber na eclesiologia do Papa Francisco os elementos teológicos que fundamentam o envio missionário dos Doze presente no segundo discurso de Jesus conforme relato do Evangelho de Mateus. Para fins de estudo, primeiramente foi feito um recorte textual, delimitando Mt 10,5-16 dentro do discurso missionário (Mt 10,1-42). A organização da perícope, o sentido de suas principais palavras e sua mensagem final indicam o teor da missão dos Doze. Em seguida, alguns escritos de Francisco foram vasculhados, principalmente a Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, no intuito de fazer um paralelo entre a missiologia do Papa argentino e a de Mateus. Como o primeiro evangelista, Francisco tem se mostrado grande defensor de uma igreja missionária. Ele envia os discípulos de hoje em missão. Deseja que a igreja esteja mergulhada nas realidades do mundo e que seus líderes e agentes de pastoral não tenham medo de se misturar às suas ovelhas. Uma Igreja que se arrisca, que não tem medo de errar, que sai de si, que se faz pobre para os pobres e que anuncia a paz: é isso que Francisco tem deixado como legado em todo seu pontificado e que já se encontra em germe no Evangelho de Mateus.</p> Solange Maria do Carmo, Júnior Vasconcelos do Amaral Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/25257 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 Whom to obey: the law or the prophets? http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27419 <p>A discussion of synodality in the Catholic Church, addressing the competing claims of prophecy and law, and examining the ways lay people are excluded from governance and from having their voices heard. The paper addresses the question of whom to obey, the law or the prophets, and reviews the ongoing confusion between the two apparent opposing forces. The paper describes the creation and recent functioning of the Synod of Bishops and lay-clerical tension in the Church, and the ways each contributes to either positive or negative discernment. Finally, in light of the ongoing Synod on Synodality, the paper examines and explains the discernment process in Ignatian terms, concluding that only Spirit-driven discussion is fruitful.</p> Phyllis Zagano Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27419 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 Papado do Papa Francisco: renovação pastoral, não mudança doutrinária http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27425 <p>Após a publicação da Exortação Apostólica do Papa Francisco Amoris Laetitia, quatro cardeais<br>idosos escreveram a ele pedindo-lhe que esclarecesse posições na Exortação que eles acusaram<br>de estarem causando confusão nos fiéis. Eles chegaram inclusive a sugerirem que ele havia<br>mudado algumas doutrinas católicas. Este ensaio responde às suas perguntas, argumentando que<br>Francisco não mudou nenhuma doutrina católica, mas realizou mudanças no sentido de<br>renovação da prática pastoral católica. Argumenta também que, embora não tenha mudado<br>nenhuma doutrina católica, ele priorizou algumas delas, especialmente aquelas relativas à<br>autoridade e inviolabilidade da consciência e o que ele chama de "situações irregulares" de<br>coabitação, uniões do mesmo sexo e divórcio e novo casamento sem anulação.</p> Michael G. Lawler, Todd A. Sazlman; José Martins dos Santos Neto Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27425 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 Papa Francisco e as pessoas LGBTQI+: mudanças e perspectivas http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/25653 <p>Nesse artigo procura-se mostrar o posicionamento do Papa Francisco, desde o início do seu pontificado, e o que ele espera da Igreja Católica Apostólica Romana, em relação às pessoas LGBT. Para isso alguns documentos de seu pontificado são analisados em relação a este tema. Entre eles: <em>Comunidade de Comunidade: Uma nova Paróquia, Preparatório para a III Assembléia, III Assembléia Geral Estraordinária do Sínodo dos Bispos, XIV Assembléia Geral Ordinária, Carta Encíclica Laudato Si, Exortação pós-sinodal Amoris Latitia etc</em>. Em seguida, busca-se entender o significado dos gestos de Francisco, e perceber qual é a igreja que ele deseja. Quais as mudanças e perspectivas que podem ocorrer, entre Igreja e pessoas LGBT, tendo como base o Concílio Vaticano II, que o papa tenta resgatar, e o amor incondicional de Deus encontrado nos evangelhos. É importante lembrar que no pontificado de Francisco, acolher, integrar, dialogar, encontrar pontos de união em favor da vida, principalmente, da vida dos mais vulneráveis, é sempre muito importante.</p> Maria Cristina Silva Furtado Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/25653 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000 O Papa Francisco e o encontro inter-religioso http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27760 <p>Desde o início, o ministério petrino do Papa Francisco tem sido cheio de surpresas e ele tem sido um homem de contradições. Ele tem dado esperança a muitos, cristãos, outros crentes e humanistas seculares, especialmente com sua abordagem pastoral da misericórdia, mas também tem encontrado oposição feroz, mesmo entre o escalão superior da hierarquia, alguns dos quais atacaram publicamente sua ortodoxia e pediu sua renúncia. Em seus ensinamentos sobre evangelização, casamento e sexualidade, ecologia e amizade social, Francisco abriu novos caminhos e desafiou a Igreja a tornar visível o rosto misericordioso de Deus para o mundo. Sobre o diálogo inter-religioso, o papa, como era de se esperar, reiterou amplamente os ensinamentos do Vaticano II e até agora não emitiu uma exortação apostólica ou encíclica sobre o assunto. Consistente com sua perspectiva pastoral, ele enfatizou os aspectos sociopolíticos e culturais do diálogo inter-religioso e evitou amplamente questões doutrinárias ainda controversas. Por outro lado, sua amizade com muitos líderes não-cristãos e seus vários <em>obiter dicta</em> ampliaram o horizonte inter-religioso e abriram a porta para novas explorações na teologia da religião e o escopo do encontro inter-religioso. Seu reconhecimento explícito das religiões não-cristãs como “canais” do Espírito Santo sugere seu papel como meios de salvação não apenas para seus adeptos, mas também de certo modo para os cristãos. Além disso, os quatro princípios da metafísica franciscana sugerem maneiras novas e eficazes de conduzir o diálogo inter-religioso.</p> Peter C. Phan; José Martins dos Santos Neto Copyright (c) 2021 HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/27760 ter, 31 ago 2021 00:00:00 +0000