TEOLOGIA EM FOCO: RÉPLICAS LINGUÍSTICO-AXIOLÓGICO-DISCURSIVAS DE JESUS AO CETICISMO JUDAICO NO PRIMEIRO SÉCULO DA ERA CRISTÃ

Wilder Kleber Fernandes de Santana

Resumo


Este trabalho delimita como objeto de estudo algumas réplicas de Jesus Cristo presentes no relato do evangelista João, capítulo 5 (edição revista e ampliada (2002) – Bíblia de Jerusalém), especificamente no primeiro século da era cristã. Com base nos estudos bakhtinianos, realizamos a análise discursiva a partir de duas categorias: axiologia e heterodiscursividade. Elencamos o Discurso de Jesus sobre o ceticismo judaico como o escopo arquitetônico da narrativa joanina por haver marcadamente múltiplas vozes atravessando os dizeres do enunciador. É uma análise de cunho bibliográfico, em que os resultados demonstram que o sujeito dialógico-enunciativo ocupa lugar em determinado espaço social, incidindo sobre a constituição através do posicionamento responsivo ativo no processo de enunciação.


Palavras-chave


Axiologia. Heterodiscursividade. Jesus Cristo.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail M. Estética da Criação Verbal. [tradução feita a partir do russo; tradução Paulo Bezerra]. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006 [1979].

________. Os gêneros do discurso. Tradução, posfácio e notas de Paulo Bezerra. São Paulo: 34, 2016 [1979].

________. O problema do Conteúdo, do Material e da Forma na Criação Literária. (1924). In: Questões de literatura e de estética - A Teoria do Romance. Equipe de tradução (do russo) Aurora Fornoni Bernardini; José Pereira Júnior; Augusto Góes Júnior; Helena Spryndis Nazário; Homero Freitas de Andrade. 6ª edição. Editora Hucitec - São Paulo, 2010 (1930-1934).

________. Questões de literatura e de estética - A Teoria do Romance. Equipe de tradução (do russo) Aurora Fornoni Bernardini; José Pereira Júnior; Augusto Góes Júnior; Helena Spryndis Nazário; Homero Freitas de Andrade. 6ª edição. Editora Hucitec - São Paulo, 2010 (1930-1934).

________. Teoria do romance I: a estilística. Tradução, prefácio, notas e glossário de Paulo Bezerra; organização da edição russa de Serguei Botcharov e Vadim Kójinov. São Paulo: Editora 34, 2015.

BARROS, Diana Luz Passos. Contribuições de Bakhtin às Teorias do Discurso. In: BRAIT, B. (Org). Bakhtin, dialogismo e construção de sentido. Campinas/SP: Editora UNICAMP, 2005.

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37ª edição revisada, ampliada e atualizada conforme novo acordo ortográfico. Ed. Nova Fronteira; Rio de Janeiro, 2009.

BÍBLIA SAGRADA (Bíblia de Jerusalém). Tradução do texto em Língua Portuguesa diretamente dos originais. Nova Edição Revista e Ampliada. 1ª edição. Paulus Editora, São Paulo, 2002.

BRUCE, F.F. João – Introdução e comentário. Série Cultura Bíblica; Tradução de Hans Udo Fuchs. Editora Vida Nova; São Paulo, 2011.

CHAMPLIN, Russel Norman. Enciclopédia de Bíblia, Teologia & Filosofia. Vol. 3. 12º edição. Direitos de tradução reservados à Editora Hagnos. São Paulo, 2014.

MEDVIÉDEV, Pável Nikoláievitch. O Método Formal nos estudos literários: introdução a uma poética sociológica. Tradutoras: Sheila Camargo Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo: Contexto, 2012 [1928].

PONZIO, Augusto. A Revolução Bakhtiniana: o pensamento de Bakhtin e a ideologia contemporânea. Coordenação de tradução de Vladmir Miotello. São Paulo: Contexto, 2008.

RENFREW, Alastair. Mikhail Bakhtin. Tradução de Marcos Marcionillo. 1ª ed. São Paulo: Parábola, 2017.

ROCHA LIMA, Carlos Henrique da. Gramática Normativa. 33ª edição. José Olympio editora; Rio de Janeiro, 1972.

SANTANA, Wilder Kleber Fernandes de. A autoria e a responsabilização linguística, enunciativa e discursiva de Jesus Cristo em “a parábola do semeador”, a partir do Evangelho segundo Mateus. In: XVII Congresso Internacional Associación de Lingüística y Filología de América Latina (ALFAL) – Anais. Organização: CCHLA. Universidade Federal da Paraíba. – João Pessoa, 2014. p. 1-12.

_________. A autoria e a responsividade linguística e discursiva de Jesus Cristo em sua exposição acerca do Sal da terra e da Luz do mundo, a partir do evangelho segundo Mateus. In: II Congresso Nacional de Literatura (CONALI) – Anais. Organização: ARAGÃO, Maira do Socorro Silva de. et al. Universidade Federal da Paraíba. – João Pessoa, 2014. p. 591 – 600.

_________. Heterodiscursividade e Axiologia no primeiro capítulo do Cântico Dos Cânticos. In: SINALP - Simpósio Nacional de Literatura Popular, 2017, Joao Pessoa. Cultura Popular e Cosmopolitismo - Simpósio Nacional de Literatura Popular. Joao Pessoa: Mídia Editora, 2017. v. 1. p. 6-247.

_________. Jesus Cristo e seu discurso acerca da incredulidade judaica: uma representação dialógico-discursiva a partir do relato do evangelista João. IX SELIMEL - Seminário Nacional sobre Ensino de Língua Materna e Estrangeira e de Literatura. Anais eletrônicos. ISSN: 235709765. UFCG, 2015.

SEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 48ª edição revisada. Cia Editora Nacional; São Paulo, 2008.

VINE, W. E.; UNGER, Merril F.; WHITE JR, William. Dicionário Vine – o significado exegético e expositivo das palavras do Antigo e do Novo Testamento. Tradução de Luís Aron de Macedo. CPAD; Rio de Janeiro, 2013.

VOLOCHÍNOV, Valentin Nikolaevich. (círculo de Bakhtin). Marxismo e filosofia da linguagem - Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo – Ensaio introdutório de Sheila Grillo. 1ª ed. São Paulo: Editora 34, 2017 [1929].




DOI: https://doi.org/10.5752/P.1983-2478.2018v13n24p375-390

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Indexadores

Sumários.org
Latindex Open Archives Harvester
REDALYC
DOAJ
  
Google Scholar

Revista Associada à ABEC

ABEC

Apoio:

FAPEMIG

INTERAÇÕES | Departamento de Ciências da Religião | PUC Minas

Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião

Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

ISSN 1983-2478 (Online)