A aplicação da experimentação contextualizada e interdisciplinar com estudantes do Ensino Médio: percepções e considerações

  • Anelise Grünfeld de Luca Instituto Federal Catarinense
  • José Claudio Del Pino Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

A experimentação tem papel importante na aprendizagem, desde que concebidas com o propósito de favorecer o diálogo em sala de aula e a contextualização dos conteúdos. O objetivo deste artigo é divulgar uma pesquisa que visou investigar a efetividade da experimentação contextualizada e interdisciplinar apresentada no livro: “Dialogando Ciência entre sabores odores e aromas: contextualizando os alimentos química e biologicamente”, analisando-se a realização dos experimentos possibilitam aprendizado numa perspectiva dialógica e problematizadora. A abordagem experimental se deu nas aulas de Biologia em três turmas de 1º ano de Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio. Os estudantes em grupos realizaram e apresentaram os experimentos; após, responderam um questionário. A partir da análise dos dados, considerou-se a importância da indissociabilidade da teoria e prática, valorizando as concepções prévias dos estudantes e confrontando-as com os discursos da ciência. Destaca-se a inserção do diálogo na dinâmica da experimentação através dos questionamentos, da contextualização e da interdisciplinaridade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anelise Grünfeld de Luca, Instituto Federal Catarinense

Doutora em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, pelo Instituto Federal Catarinense. Docente do Instituto Federal Catarinense - Campus Araquari.

José Claudio Del Pino, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Engenharia de Biomassa, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e pós-doutor, pela Universidade de Aveiro-Portugal. Professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.            

Publicado
20-07-2021
Seção
Artigos