Arte-educação: saberes e práticas metodológicas no ensino fundamental (anos iniciais)

Marco Túlio Santana dos Reis, Monaliza Angélica Santana

Resumo


A arte é um elemento muito significativo no processo do desenvolvimento humano, sendo esta intrínseca ao ser. Pode-se pensar que a proposta de trabalho com arte na educação poderia ter estratégias e metodologias mais exitosas para o ensino, a construção e a ressignificação dos saberes. Busca-se compreender se a abordagem triangular de Barbosa (1987), que versa sobre o conceito da arte-educação, tem sido explorada de forma pedagógica, técnica e metodológica em sala de aula. O Ministério da Educação, quando instituiu a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB nº 9.394/1996), dedicou uma parte em seu documento para tratar da obrigatoriedade curricular do ensino da arte pela escola. A arte possui quatro expressões, quais sejam: artes visuais, música, dança e teatro. E a abordagem triangular, sendo uma metodologia se constitui de três passos principais: contextualizar, apreciar e fazer. Pretende-se identificar se a metodologia, com as quatro linguagens da arte, quando utilizada em sala, leva o aluno de fato a pensar e refletir sobre o processo de aprendizagem. Ao ressignificar o processo de educação em arte na escola, constata-se que ela não possui um fim em si mesma, mas esta abre as portas da cognição e possibilita criar estruturas, as quais, o aluno não estava pronto a assumir.


Palavras-chave


Metodologia; Abordagem Triângular; Barbosa.

Texto completo:

PDF


Av. Dom José Gaspar, 500 • Prédio 6 • Fone: (31) 3319-4188

Coração Eucarístico • Belo Horizonte • Minas Gerais - Brasil

CEP.: 30535-901 • Cx. Postal: 2686

ISSN 2175-7003