OS ENFOQUES DA VIOLÊNCIA NA REVISTA NOVA ESCOLA

Lucio Alves de Barros, Caio César Sousa Marçal

Resumo


O fenômeno da violência nas escolas, desde o final dos anos de 1980, vem fazendo parte das manchetes dos jornais mais e menos sensacionalistas, das revistas direcionadas ao grande público ou ao leitor mais atento, das reportagens editadas das redes de televisão, do rádio e da internet. A pesquisa em questão interroga a Revista Nova Escola, o periódico educacional de maior circulação no Brasil, enfoca o tema da violência no âmbito escolar. A pesquisa foi qualitativa e de natureza descritiva, analisou as reportagens, notícias, editoriais, artigos e entrevistas sobre a temática “violência e educação”,  nas edições publicadas em Janeiro de 2013 até Janeiro de 2015. Buscou-se assim como identificar as representações acerca da violência e descrever os conceitos, as dimensões e as categorias que o periódico elabora acerca da temática em questão. O trabalho aponta três enfoques (romantizado, conservador e realista) nas publicações avaliadas. Demonstra também que a revista ignora conceitos e categorias que as ciências sociais delineia sobre as violência e que pouco contribui para um debate qualificado sobre essa problemática.

Palavras-chave


Mídia, Violência, Educação, Revista Nova Escola

Texto completo:

PDF


Av. Dom José Gaspar, 500 • Prédio 6 • Fone: (31) 3319-4188

Coração Eucarístico • Belo Horizonte • Minas Gerais - Brasil

CEP.: 30535-901 • Cx. Postal: 2686

ISSN 2175-7003