A FRIEZA BURGUESA NA ESCOLA: práticas, rituais e simbologias

Thiago Luiz Santos de Oliveira, Rejane Alves

Resumo


O presente Trabalho de Conclusão de Curso “A Frieza Burguesa no Ensino Fundamental por meio de práticas, rituais e simbologias” teve como objetivo investigar como se dá a relação dos indivíduos no âmbito da educação no Ensino Fundamental, bem como os modos pelos quais as experiências de “Frieza” se expressam nas Práticas Educativas, nos Rituais da Escola e nas Práticas Simbólicas. Para permitir que os protagonistas que ali estavam, em serviço e em formação, expusessem seus saberes e fazeres de tempos e espaços escolares optou-se por empregar a pesquisa qualitativa do tipo etnográfica, que foi realizada em duas Escolas de Ensino Fundamental, uma sendo da Rede Pública e outra da Rede Privada localizadas na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Como aporte teórico utilizou-se, sobretudo, a Teoria Crítica da Sociedade, principalmente Theodor Adorno, para analisar a materialização da frieza em sala de aula. Dentro da perspectiva do autor a educação deve romper com a barbárie e contribuir para o esclarecimento e a autonomia.


Texto completo:

PDF


Av. Dom José Gaspar, 500 • Prédio 6 • Fone: (31) 3319-4188

Coração Eucarístico • Belo Horizonte • Minas Gerais - Brasil

CEP.: 30535-901 • Cx. Postal: 2686

ISSN 2175-7003