A CULTURA ESCOLAR COMO MECANISMO DE EXCLUSÃO SOCIAL

Resumo

O texto objetivou retomar a discussão acerca da exclusão escolar e, assim, apontar, brevemente, os encadeamentos históricos e sociais da cultura como um dos mecanismos da efetivação da exclusão social. Foi realizada uma reflexão teórica de autores referencias no objeto pesquisado. No decorrer das analises dos textos que serviram como base para o artigo, observou-se, a necessidade de recolocar esta temática no cerne do debate educacional, pois, diferentemente, do século XX. O século XXI enfrenta não apenas o desafio da diferença social, como tem o revés de reparar os conflitos étnico-raciais, promover a discussão de gênero e a diversidade sexual que, ainda configuram-se como temáticas restritivas dentro da escola, em nome da conservação do status quo.

Biografia do Autor

ALINE CRISTINA MIRANDA, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Mestranda do Programa de Pós-Graduação strictu senso em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Graduada em Pedagogia (PUC Minas).

TEODORO ADRIANO COSTA ZANARDI, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Professor Adjunto IV do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Doutor em Educação: Currículo pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pós-doutor pela Universität zu Köln.

Publicado
19-12-2019
Seção
ARTIGOS/ARTICLES