Down, rompendo barreiras: A construção do conhecimento através dos jogos e brincadeiras

Adriane Xavier Corgozinho Lima, Aline Cristine de Souza Perdigão, Ana Carolina Guedes Gollner, Ana Paula Leite Ferreira, Josiane Conceição da Cruz, Junia Moreira Gomes, Lucinéia dos Santos Araújo Sousa, Paula Carolina Silva Pereira, Vera Lúcia Lins Sant’Anna

Resumo


O projeto de pesquisa “Jogos e brincadeiras como facilitadores no processo de ensinoaprendizagem em pessoas com Síndrome de Down” tem como objetivo principal abordar as várias possibilidades de desenvolvimento dessas pessoas, no que se refere ao trabalho lúdico, assim como oferecer subsídios básicos e importantes, utilizando os jogos e brincadeiras na sua formação e desenvolvimento. Partindo do pressuposto de que toda pessoa tem possibilidade de aprender, desde que as metodologias sejam adequadas para cada necessidade, jogos e brincadeiras têm como finalidades específicas: função motivadora no desenvolvimento cognitivo, social e motor. A pessoa com Síndrome de Down apresenta dificuldades no processo de aprendizagem, como: memória, percepção, imaginação, relações espaciais, esquema corporal, fala e raciocínio, necessitando desse recurso para seu aprendizado. As escolas que recebem alunos de inclusão e o educador, como mediador do processo ensinoaprendizagem, precisam se adaptar para mudanças, enfatizando que o lúdico é uma ferramenta valiosa como recurso motivador no processo da aprendizagem.

Palavras-chave


Ensino-aprendizagem; Lúdico; Educação especial.

Texto completo: PDF

Av. Dom José Gaspar, 500 • Prédio 6 • Fone: (31) 3319-4188

Coração Eucarístico • Belo Horizonte • Minas Gerais - Brasil

CEP.: 30535-901 • Cx. Postal: 2686

ISSN 2175-7003