Avaliação dos aspectos analíticos, práticos e criativos da inteligência em alunos do ensino médio numa perspectiva da teoria triárquica de Robert Sternberg

  • Marisa Oliveira de Aquino UGF
Palavras-chave: Inteligência humana. Inteligência pratica. Teoria Triárquica

Resumo

A Teoria Triárquica da Inteligência Humana procura explicar, de maneira integrativa, a relação entre a inteligência e o mundo interno do indivíduo. A presente pesquisa tem como objetivo apresentar os resultados encontrados na aplicação do Teste das Capacidades Triárquicas de Sternberg instrumento utilizado para comparar os aspectos analíticos, criativos e práticos em alunos do Ensino Médio. A aplicação do teste foi realizada de forma coletiva, num tempo 90 minutos. A amostra era composta por 166 participantes. O resultado foi: os alunos obtiveram uma média de 64,18 no resultado geral do teste; no domínio analítico, a média foi de 25,96; no domínio criativo, a média foi de 20,80; no domínio prático a média foi 17,42. O melhor desempenho se deu nas questões analíticas e a maior dificuldade encontrada foi na parte prática. Educar para a inteligência triárquica é dar ao indivíduo a possibilidade de maximizar suas potencialidades, garantindo assim o sucesso acadêmico e na vida. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marisa Oliveira de Aquino, UGF

Possui graduação em Pedagogia pelo Centro Universitário de Brasília , Especialização em Gestão de Institutições de Ensino Superior e Especialização em Gestão na Educação Básica, Psicopedagogia Clinica e institucional e Mestrado em Psicologia pela UGF. Atualmente é Diretora Instituto Geremario Dantas-RJ. Tem experiência em Administração Escolar e na área de Psicologia, com ênfase em construção do conhecimento numa perspectiva socio Interacionista, atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem, inteligencia prática, avaliação, medidas, teoria triarquica da inteligencia humana e Habilidades Sociais.

Publicado
09-12-2015