ENTRE A LIBERDADE DE IMPRENSA E O DIREITO À VIDA PRIVADA: COMENTÁRIO AO CASO VON HANNOVER C. ALEMANHA

  • Daniel Vieira Gonçalves Universidade do Estado de Mato Grosso "Carlos Alberto Reyes Maldonado"
Palavras-chave: Tribunal Europeu de Direitos Humanos, von Hannover c. Alemanha, Teoria do Direito, Colisão de Princípios, Jornalismo Ético

Resumo

O presente artigo trata-se de um comentário referente ao caso da Princesa Carolina von Hannover, que recorreu ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) para ajuizar ação contra a República Federal da Alemanha objetivando ter o direito à privacidade assegurado, visto que várias fotos da vida privada da família von Hannover foram publicadas em revistas e outros meios midiáticos e os tribunais alemães haviam concedido sentença contrário ao pedido da princesa monegasca em virtude desta ser uma figura pública. Nesse ínterim, mediante o conflito entre os princípios da privacidade e da liberdade, o TEDH decidiu que só deveriam ser divulgadas as imagens que tivessem alguma relevância para a sociedade – e, dessa forma, condenando a Alemanha por violar o artigo 8º da Convenção Europeia de Direitos Humanos (CEDH). A forma escolhida para abordar o presente caso consistiu em (I) contextualizá-lo para, em seguida, (II) apresentar um referencial teórico sucinto a fim de (III) analisar os meios utilizados pela Corte para resolver a colisão entre Vida Privada e Liberdade de Imprensa.

Biografia do Autor

Daniel Vieira Gonçalves, Universidade do Estado de Mato Grosso "Carlos Alberto Reyes Maldonado"
Acadêmico de Direito da UNEMAT.

Referências

ALEXY, Robert. Teoria dos direitos fundamentais. 2º ed. São Paulo: Editora Malheiros, 2017.

AMARAL, Francisco. Direito Civil: introdução. 4ª ed. rev., atual. e aum. Rio de Janeiro: Renovar, 2002.

ARAGÃO, João Carlos Medeiros de. Choque entre direitos fundamentais. Consenso ou controvérsia? Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 48, n. 189, jan./mar. 2011, pp. 259-268.

BARROSO, Luís Roberto. Colisão entre liberdade de expressão e direitos da personalidade. Critérios de ponderação. Interpretação constitucionalmente adequada do código civil e da lei de imprensa. R. Dir. Adm., Rio de Janeiro, 235, jan./mar. 2004, pp. 1-36.

DWORKIN, Ronald. Levando os direitos a sério. 3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

EUROPA. Tribunal Europeu de Direitos Humanos. Case of von Hannover v. Germany. Apelante: Caroline von Hannover. Apelada: República Federal da Alemanha. Estraburgo, 24 de julho de 2004. Disponível em: <https://goo.gl/C6ACb1>. Acesso em: 25 nov. 2017.

FERRAJOLI, Luigi. A democracia através dos direitos. O constitucionalismo garantista como modelo teórico e como projeto prático. 1ª ed.. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2015.

MADOZ, Wagner Amorim. Crítica às soluções de colisão de direitos fundamentais. Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 44, n. 173, jan./mar. 2007, pp. 303-322.

MENDES, Gilmar Ferreira. Colisão de direitos fundamentais: liberdade de expressão e de comunicação e direito à honra e à imagem. Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 31, n. 122, maio/jul. 1994, pp. 297-301.

SILVA, Luís Virgílio Afonso da. Princípios e regras: mitos e equívocos acerca de uma distinção. Revista Latino-Americana de Estudos Constitucionais, 2003, pp. 607-630.

Publicado
2019-04-22