PÓS-MODERNIDADE, TECNOLOGIAS E ÉTICA: o humano face aos desafios contemporâneos

  • Ozenildo Santos Xavier da Rocha

Resumo

A contemporaneidade está diante de nós com os desafios éticos, políticos e econômicos. A tecnologia e seu uso, embora culturalmente, por vezes, difunde-se quase que como um fenômeno da natureza, não se pode afirmar categoricamente assim. Partindo deste pressuposto, cabe verificar de maneira crítica e analítica os pressupostos da pós-modernidade, o pano de fundo do desenvolvimento da tecnologia e os impactos na vida humana (uma discussão ética e fundamental). A reflexão proposta justificou-se pelo caráter e grau de importância social, dado que, compreender a sociedade é caminho para a cidadania e exercício da liberdade. Apresentou como objetivos a) descrever os pressupostos da pós-modernidade; b) verificar a tecnologia e seu uso como lugar de intervenção social capaz de alterar a dinâmica de vida de indivíduos e sociedade na atualidade; Apontar valores que favoreçam o fortalecimento da democracia e contribuam na promoção da liberdade e autonomia dos indivíduos. A pesquisa aqui apresentada consistiu em um estudo de natureza bibliográfica. A metodologia se construiu em três etapas distintas. Em um primeiro momento, dedicou-se em descrever os pressupostos da pós-modernidade. Em um segundo momento, verificou-se a evolução da tecnologia como ferramenta de transformação social. Em uma terceira etapa, apontaram-se valores a serem pensados nas esferas de vida humana em contextos marcados pela cobertura tecnológica.

Publicado
27-11-2020
Seção
ARTIGOS DE TEMÁTICA LIVRE