LAZER E QUALIDADE DE VIDA EM TEMPOS DE PANDEMIA

  • Priscila Cembranel
  • André Riani Costa Perinotto
  • André Riani Costa Perinotto
  • Ana Laura Buss de Souza
  • Alini Paula de Paula
  • Isabella Chiodini Loebach
Palavras-chave: lazer; Covid-19; hábitos; qualidade de vida.

Resumo

O presente trabalho traz a percepção dos jaraguaenses acerca das opções de lazer da cidade de Jaraguá do Sul desde o início do isolamento social. O objetivo é compreender as práticas de lazer desde o início da pandemia de COVID-19. Este estudo desenvolveu-se por meio de abordagem quali-quantitativa, procedimento de estudo de caso e técnica de questionário estruturado semiaberto. Os resultados evidenciam que, em sua maioria o lazer envolve a família e é praticado uma vez por semana e dividido em três atividades principais: ficar na área externa de casa, ir a parques e fazer trilhas. Para melhorar a saúde mental e qualidade de vida as pessoas praticam atividades fora de casa para verem outras pessoas e buscam formas de fugir da realidade imposta pela pandemia. Estas, tiveram suas atividades de lazer modificadas de duas formas: aumento dos cuidados quando se expõe aos riscos e evitando o contato social sempre que possível. Conclui-se que, apesar de algumas adaptações, como protocolos de segurança e até mesmo experimentarem sentimento de medo, as pessoas mantiveram o lazer

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
29-11-2021
Seção
DOSSIÊ: ALÉM DO TRABALHO: LAZER, ENTRETENIMENTO, ESPORTE, DIVERSÃO E REPOUSO!