A TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL DE BECK E PSICOLOGIA POSITIVA DE SELIGMAN: UM ESTUDO COMPARATIVO DAS ABORDAGENS

  • Carla Jussara da Silva
Palavras-chave: Terapia Cognitivo-Comportamental, Bem-estar, Cognição

Resumo

O artigo é uma revisão da literatura que visa expor uma comparação entre duas abordagens de atuação da psicologia, a Terapia Cognitiva Comportamental (TCC), através dos estudos de Aaron Beck, e a Psicologia Positiva, pela contribuição de Martin Seligman, apontando as principais características de cada uma. Para isso, foi realizado um levantamento bibliográfico através de pesquisas em sites acadêmicos como Google Acadêmico, APA e Pepsic com as palavras-chave: “Psicologia Positiva” com combinações e adições das palavras “bem-estar”, “qualidade de vida” e “tratamento”. Para o comparativo também foi realizada a pesquisa com as palavras “Terapia Cognitiva Comportamental”, com adição das mesmas palavras da pesquisa anterior. A partir da análise dos três artigos e onze livros selecionados, o objetivo deste trabalho é apresentar as principais características dessas abordagens com o intuito de auxiliar o psicólogo clínico tanto no atendimento de pessoas saudáveis, quanto daquelas que apresentam patologias. A TCC possui foco no problema, ou seja, adoecimento, sua preocupação está nas formações das cognições para promoção das mudanças dos pensamentos automáticos e, consequentemente, das emoções e comportamentos disfuncionais. Já a Psicologia Positiva está focalizada na manutenção e ampliação do bem-estar, quer dizer, na prevenção da saúde, utilizando como fonte de trabalho a identificação das forças e virtudes individuais.  A preocupação em se ter uma abordagem completa tem trazido o desenvolvimento de metodologias que buscam a sua unificação. Dentro deste contexto, percebe-se que a combinação de ambas pode contribuir para que o psicólogo possa adaptar sua forma de trabalhar e atender o ser humano na sua completude, ou seja, não somente quando apresenta patologias, mas também na ausência destas, isto é, na prevenção e promoção de bem-estar.

Referências

BECK, Judith S. Terapia Cognitivo-Comportamental: Teoria e prática. 2.ed. Porto Alegre: Artmed. 2014.

DELL´AGLIO, Débora Delbosco; KOLLER, Sílvia Helena; YUNES, Maria Angela Mattar (Org). Resiliência e Psicologia Positiva: Interfaces do risco à proteção. São Paulo: Casa do psicólogo, 2006.

DESLAURIERS, Jean-Pierre. Recherche qualítative: Guide pratique. Montreal: McGraw-Hill, 1991.

HUTZ, Claudio Simon. (Org). Avaliação em Psicologia Positiva. Porto Alegre: Artmed Edi-tora Ltda., 2014.

KNAPP, Paulo et al. Terapia Cognitivo-comportamental na prática psiquiátrica. Porto Alegre: Artmed, 2007

LEAHY, Robert L. Técnicas de Terapia Cognitiva: Manual do terapeuta. 2.ed. Porto Ale-gre: Artmed, 2019.

MARQUES, José Roberto. Coaching Positivo: Psicologia Positiva aplicada ao coaching. 2.ed. Goiânia: Editora IBC, 2015.

PETERSON, Christopher.; SELIGMAN, Martin. E. P. Character strengths and virtues: a handbook and classification. Washington, DC: American Psychological Association, 2004.

PORTELLA, A. M.; BASTOS, M. C. Terapia Cognitivo Comportamental Integrada Posi-tiva (TCCI+): uma Proposta de Integração da TCC, Sistemas Dinâmicos e Psicologia Positi-va. 2017. Disponível em: Acesso em: 09 abr. 2018.

RANGÉ, Bernard et al. Psicoterapias Cognitivo-Comportamentais: um diálogo com a psi-quiatria. Porto Alegre: Artmed, 2011.

SELIGMAN, Martin E. P.; CSIKSZENTMIHALYI, M. Positive Psychology: An introduc-tion. American Psychologist, n 55, p. 5-14, 2000.

SELIGMAN, Martin E. P. Felicidade Autêntica: Usando a nova psicologia para a realização permanente. Rio de Janeiro: Objetiva, 2010.

SELIGMAN, Martin E. P. Florescer: Uma nova compreensão sobre a natureza da felicidade e do bem-estar. Rio de Janeiro: Objetiva 2012

WENZEL, Amy. Inovações em Terapia Cognitivo-Comportamental: Intervenções estraté-gicas para uma nova prática criativa. Porto Alegre: Artmed, 2018.

WRIGHT, Jessie H.; BASCO, Monica R., THASE, Michael E. Aprendendo a terapia Cog-nitivo-comportamental: Um guia ilustrado. Porto Alegre: Artmed, 2008.
Publicado
07-09-2020
Como Citar
SILVA, C. J. DA. A TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL DE BECK E PSICOLOGIA POSITIVA DE SELIGMAN: UM ESTUDO COMPARATIVO DAS ABORDAGENS. Pretextos - Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas, v. 5, n. 9, p. 103-116, 7 set. 2020.
Seção
Artigos de temática livre