O ajustamento de crianças com doença crônica

  • Joana Antão
  • Gabriela Portugal
  • Carlos Silva
Palavras-chave: Doença crónica, ajustamento, brincar, infância

Resumo

Este trabalho procura averiguar o impacte das doenças crônicas no ajustamento psicológico das crianças, tendo em conta diferentes tipos de doenças, as suas características e a perceção dos pais acerca das mesmas.

A amostra é constituída por 176 crianças, dos 3 aos 10 anos, distribuídas por quatro grupos: crianças com asma, com cancro, com patologia uro-nefrológica e sem doença. A recolha de dados ocorreu nas salas de espera de dois hospitais portugueses.

Os instrumentos utilizados foram a Escala de Observação do Brincar (POS), itens do Revised Illness Perception Questionnaire (IPQ-R) e o Questionário de Capacidades e de Dificuldades (SDQ).

A análise dos resultados permitiu perceber que não existe uma relação linear entre o ajustamento psicológico e a presença de uma doença crónica e que a avaliação do ajustamento da criança através da observação direta do brincar nem sempre é coincidente com a perspetiva dos pais acerca desse ajustamento.

Publicado
12-12-2019
Seção
Artigos / Articles / Artículos