Estudo de caso sobre os aspectos psicológicos após diagnóstico de sarcoma e realização de amputação

  • Deborah Nóbrega da Silva Leal "Hospital Erasto Gaertner"
  • Aline Mariana Rodicz Hospital Erasto Gaertner
Palavras-chave: Sarcoma, Amputação, Intervenção Psicológica

Resumo

Os Sarcomas Sinoviais são tumores raros,  marcados por sua agressividade e mau prognóstico. A principal forma de tratamento ainda é a ressecção cirúrgica do tumor primário, sendo a cirurgia de amputação uma dessas alternativas. Este procedimento pode acarretar em um grande impacto físico e emocional para o sujeito, não só pela perda do membro e de sua função, mas também pelos demais aspectos subjetivos que envolvem o próprio procedimento cirúrgico. Por isso faz-se importante a intervenção da psicologia ao paciente no pré, trans e pós cirúrgico, com o objetivo de minimizar suas ansiedades e angústias, possibilitando a expressão dos sentimentos e auxiliando na compreensão da situação vivenciada. Dessa forma,este estudo de caso vem ilustrar a intervenção psicológica à uma paciente durante todo seu processo de adoecimento (diagnóstico, tratamentos e cuidados paliativos) que, por sua vez, proporcionou redução no sofrimento emocional e melhora na qualidade de vida. 

Biografia do Autor

Deborah Nóbrega da Silva Leal, "Hospital Erasto Gaertner"
Formada em psicologia. Mestre em Psicooncologia pela Universidad Complutense de Madrid e Especialização em Cancerologia após Residência no Hospital Erasto Gaertner
Publicado
12-12-2019
Seção
Artigos / Articles / Artículos