Expressões emocionais entre bebês na creche: Revisão sistemática da literatura

  • Marisa von Dentz Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.
  • katia de Souza Amorim Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.
Palavras-chave: Bebês, expressividade emocional, creche, revisão.

Resumo

O artigo apresenta revisão sistemática sobre a expressividade emocional entre pares de bebês de creche. Aquela foi conduzida através de diversas bases de dados (Scielo, PePSIC, LILACS, PsycINFO e ERIC), pelo cruzamento das palavras-chave bebê($), baby, infant development, interação, social interaction, emoção, facial expression, emotion, creche, day care e nursery, sendo resgatados 24 artigos indexados. A maioria dos trabalhos são empíricos, de perspectiva qualitativa, reconhecendo as expressividades emocionais dos bebês exclusivamente na face e na sua relação com adultos. Dentre as conclusões, destaca-se a importância de trabalhos que acompanhem longitudinalmente as interações de pares de bebês, considerando toda a corporeidade da criança não apenas a face. Sob a hipótese de que há uma riqueza de expressividades emocionais nas interações de bebês em creche, já no primeiro ano de vida, aponta-se para a relevância de estudos futuros sobre esta temática investigativa.

Biografia do Autor

Marisa von Dentz, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.
Departamento de psicologia. Area de concentração: Psicologia do Desenvolvimento Humano e Saúde.
katia de Souza Amorim, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.
Profa. Dra. do Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo.
Publicado
12-12-2019
Seção
Artigos / Articles / Artículos