REDES DE TRABALHO E CONFIANÇA EM UMA FEIRA DE ROUPAS

  • Renata Guimarães de Carvalho Universidade Federal do Ceará
  • Regina Heloisa Maciel Universidade de Fortaleza - Unifor
  • Tereza Glaucia Rocha Matos Universidade de Fortaleza - Unifor
Palavras-chave: redes sociais, trabalho, confiança, informalidade.

Resumo

Este estudo tem como objetivo identificar redes sociais, especificamente redes de trabalho e de confiança, entre comerciantes de uma feira de roupas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com uso de observação, de entrevistas e de análise de conteúdo para tratamento dos dados. Utiliza-se também de técnicas de mapeamento de características relacionais e estruturais de redes sociais. Como resultados, constatou-se a existência de redes de trabalho e de confiança no dia a dia das interações entre feirantes, mobilizadas por meio de capital social, e sendo um arranjo importante na ordenação cotidiana de seu trabalho. As redes sociais envolvem laços familiares e de amizade, além de vínculos de trabalho remunerado. Identificou-se a formação de relações de ajuda e de reciprocidade entre feirantes de bancas diferentes, apresentando um contraponto às vivências de individualismo e de fragmentação social presentes na cultura do capitalismo flexível.

Palavras-chave: Redes sociais. Trabalho. Confiança. Informalidade.

Biografia do Autor

Renata Guimarães de Carvalho, Universidade Federal do Ceará
Professora na área de psicologia social do trabalho e organizações.
Publicado
20-05-2020
Seção
Artigos / Articles / Artículos