A infância e seus destinos no contemporâneo

  • Lucia Rabello de Castro
Palavras-chave: Infância, Consumo, Lógica da circulação, Analítica geracional,

Resumo

Partindo de uma concepção construcionista da infância, este artigo discute a afirmação de uma morte da infância no contemporâneo, frente às transformações que tendem a minimizar as diferenças entre adulto e criança. Pretende-se aqui neste trabalho exercitar novas possibilidades de se narrar a infância num duplo desdobramento: que estas narrativas possam localizar novas produções subjetivas dentro das mudanças histórico-culturais; e que a tentativa de se pensar o novo no contemporâneo possa também ser acompanhada de uma crítica cultural, ou seja, uma visão ético-política sobre nossa época.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
06-10-2008
Seção
Artigos / Articles / Artículos