Subjetividade e território em empreendedores de primeira geração

  • Andrea Pujol

Resumo

O empreendedorismo como ocupação é abordado em uma perspectiva cultural e a relação estabelecida com o território é analisada. O artigo reflete sobre o papel do território, na modelagem de projetos profissionais, o seu impacto sobre o futuro do empreendedorismo e como ele interage com o território, em seu contexto próprio. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa é parte da tradição compreensiva e baseia-se em entrevistas biográficas, a fim de reconstruir e analisar as trajetórias dos empresários de uma amostra intencional de empresários da Argentina e do Uruguai. Os resultados referem-se principalmente às maneiras pelas quais projetos ocupacionais são acoplados a estilos de vida, a crises e à necessidade de resolvê-los, na estruturação da atividade. Por sua vez, discute-se, dialeticamente, a forma como o território imrime sua marca nesses projetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Pujol
Docente y investigadora de la Facultad de Psicología de la Universidad Nacional de Córdoba.
Publicado
12-12-2017
Seção
Dossiê - Psicossociologia do Trabalho