OFICINA TERAPÊUTICA COMO PROCESSO DE RESILIÊNCIA NO CENÁRIO DOS CUIDADOS PALIATIVOS E EXTENSIVOS

  • Paula Oliveira de Camargo
  • Mariana Cunha Litholdo
Palavras-chave: Cuidados paliativos, Oficinas terapêuticas, Resiliência, Equipe multiprofissional

Resumo

Cuidado paliativo é uma filosofia de abordagem diferenciada e integradora,
cujo campo de atuação abrange doenças oncológicas e crônico-degenerativas. Cuidados extensivos é uma proposta de tratamento embasada
nessa filosofia, que agrega a perspectiva de um processo de transição. O
objetivo deste artigo é apresentar o processo de implantação das oficinas
terapêuticas numa rede privada hospitalar, dentro dessa perspectiva. Será
realizada uma descrição e análise de experiência desenvolvida cujo foco é a
descrição das etapas do projeto desde sua implantação até o momento atual.
Os benefícios identificados contemplam os seguintes fatores promotores de
resiliência: o apoio social, autoconhecimento, resgate de sentido, formas
de enfrentamento, questões bioéticas e processo de luto. Conclui-se que as
oficinas terapêuticas como modalidade de atendimento de grupo, de forma
integradora e multiprofissional, é uma área de atuação nova bem como
requer a necessidade de realização de pesquisa visando a contribuir para a
ampliação de seus resultados. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
21-10-2021
Seção
Artigos / Articles / Artículos