DESIGUALDADES EDUCACIONAIS DA POPULAÇÃO NEGRA DO BRASIL: UM CONTEXTO SÓCIO-HISTÓRICO

  • Marcos Antonio Batista da Silva
Palavras-chave: Negros, Relaciones étnico-raciales, Desigualdades educativas

Resumo

O artigo é parte de uma discussão teórica derivada de tese de doutorado
desenvolvida num Programa de Psicologia Social, que teve como objetivo
investigar as desigualdades educacionais da população negra no Brasil, entre
outros. O estudo chama a atenção para as desigualdades educacionais dessa
população, no que se refere à falta de acesso à escola e à educação formal.
Para tal, realizamos uma revisão de literatura de autores contemporâneos,
sobre o tema das relações étnico-raciais, bem como de aportes teóricos sobre
desigualdades educacionais e legislação no País. No campo metodológico,
utilizamos a hermenêutica de profundidade (HP), proposta por Thompson
(2011), além da análise de conteúdo ancorada em Bardin (2011). Concluiu-se que a desigualdade educacional da população negra no Brasil passou por
transformações em contextos sócio-históricos, de uma legislação a outra.
As ações governamentais com vistas à superação da desigualdade racial, de
maneira geral, pairam sob o binômio inclusão/exclusão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
21-10-2021
Seção
Artigos / Articles / Artículos