Tráfico de mulheres e direitos humanos: análise dos discursos veiculados na telenovela “Salve Jorge”

  • Rosiane Alves de Albuquerque Universidade Federal do Ceará
  • Aluísio Ferreira de Lima Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Tráfico de Mulheres, Direitos Humanos, Psicologia Social, Mídia, Discurso

Resumo

Este artigo se propõe, por meio do recorte do tráfico de mulheres, abordar a questão do tráfico de pessoas no Brasil, tomando como objeto de análise a telenovela “Salve Jorge”. Para a análise dos discursos veiculados na telenovela, mapeou-se todos os 179 capítulos e localizaram-se as cenas relacionadas à discussão sobre o tráfico de mulheres, transcreveram-se os diálogos mais significativos e se discutiu seu conteúdo. As análises das transcrições elucidaram os conteúdos que focalizaram a construção de uma identidade para a mulher traficada que, além de produzir uma imagem fetichizada dessas mulheres, tratou de apresentar-se como um espelho da realidade, acabando por reduzir toda a complexidade da questão do tráfico de mulheres a uma fórmula pronta, na qual o final feliz seria somente questão de tempo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosiane Alves de Albuquerque, Universidade Federal do Ceará
Psicóloga. Pesquisadora do PARALAXE: Grupo Interdisciplinar de Estudos, Pesquisas e Intervenções em Psicologia Social Crítica - UFC
Aluísio Ferreira de Lima, Universidade Federal do Ceará
Psicólogo com Pós-Doutorado (2010), Doutorado (2009) e Mestrado (2005) em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP) e Especialista em Saúde Mental (2007) pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP). É Professor Adjunto III do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará/UFC, credenciado como Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, do Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família e do Mestrado Profissional em Saúde da Família (UFC/RENASF). Atualmente é também Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Psicologia e membro do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará. Lidera o PARALAXE: Grupo Interdisciplinar de Estudos, Pesquisas e Intervenções em Psicologia Social Crítica UFC, é Co-lider do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa sobre Identidade Humana - NEPIM/PUCSP e membro do Laboratório em Psicologia Subjetividade e Sociedade - LAPSUS/UFC, todos cadastrados no diretório de grupos de pesquisas do CNPq e certificado pelas instituições. Colaborou como Professor Investigador Visitante no Departamento Interfacultativo de Psicología Social da Universidad Complutense de Madrid - UCM/España (novembro e dezembro de 2012) e no Programa de Fundamentos Históricos y Políticos de las Prácticas Psicológicas del Instituto de Fundamentos y Métodos en Psicología da Universidad de la Republica - UDELAR/Uruguay (setembro de 2013; novembro e dezembro de 2011). Foi Coordenador do Curso de Psicologia do Campus Sobral da UFC (2009-2010) e bolsista de produtividade pela FUNCAP BPI/FUNCAP (2010-2012). Ocupa no momento o cargo de Presidente da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) - gestão 2014-2015 e de Representante do Brasil na Sociedade Interamericana de Psicologia (SIP) - gestão 2013-2015, é da Associação Brasileira de Saúde Mental (ABRASME). É membro do GT de Psicologia Política da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação e Psicologia (ANPEPP) e da Rede Iberoamericana de Pesquisadores em História da Psicologia RIPeHP.
Publicado
12-12-2017