Conversando com as dores crônicas: sobre sugestões hipnóticas e níveis de experiência vivida

  • Maurício da Silva Neubern Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Palavras-chave: Hipnose. Dores Crônicas. Signos. Experiência Vivida

Resumo

Este trabalho busca tecer uma compreensão inicial, em termos clínicos e teóricos, das relações entre os tipos de sugestões hipnóticas e os níveis de experiência vivida de pessoas com dores crônicas. Partindo de duas breves ilustrações clínicas, propõe relações entre os tipos de sugestões que se utilizam dos signos semióticos ícones, índices e símbolos, relacionando-os aos níveis de experiência vivida da pessoa, seja ela vital ou subjetiva. Destaca que, ao mesmo tempo em que as sugestões sempre podem envolver os três tipos de signos, elas podem enfatizar preferencialmente aqueles que melhor se endereçam a determinado nível de experiência vivida. O artigo se conclui ressaltando que a relação entre sugestões hipnóticas e níveis de experiência deve ser concebida numa perspectiva ampla de subjetividade, incluindo principalmente a dimensão do sujeito e suas diferentes formas de autonomia.

Biografia do Autor

Maurício da Silva Neubern, Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Dr em Psicologia, Professor Adjunto do Departamento de Psicologia Clínica (PCL), Instituto de Psicologia (IP), Universidade de Brasília. Psicoterapeuta
Publicado
01-12-2016
Seção
Artigos / Articles / Artículos