A intervenção do revisor no emprego dos pronomes demonstrativos este e esse (e flexões)

  • Igor dos Reis Alcântara Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG)
Palavras-chave: Língua Portuguesa, Revisor de Texto, Gramática Tradicional, Pronome demonstrativo, Revisão textual.

Resumo

Este artigo tem como objetivo esclarecer as situações de uso dos pronomes demonstrativos este e esse na escrita, tendo em vista sua problemática frente aos aspectos de tempo e espaço e elementos do discurso na fala. Para isso, selecionaram-se dez trechos curtos com os gêneros reportagem e conto a fim de que cinco profissionais pudessem revisá-los. Nesse cenário, verificou-se se esse profissional está atento às restrições gramaticais normativas da Língua Portuguesa, bem como às questões discursivo-argumentativas. Assim, discutiu-se a maneira como o revisor se comporta no momento da revisão e o quanto a linguagem falada pode influenciar na correção do texto escrito.

Biografia do Autor

Igor dos Reis Alcântara, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG)

Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e bacharel em Letras/Português com ênfase em Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Além disso, pós-graduando do curso da Especialização Lato Sensu em Revisão de Textos.

Referências

ADORNO, Theodor W. Tempo Livre. Disponível em: <https://pt.scribd.com/document/139261737/Adorno-Tempo-Livre>. Acesso em: 05 nov. 2018.

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37ª ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2009.

CHOMSKY, Noam. Estados fracassados: o abuso do poder e o ataque à democracia (adaptado). Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009. Disponível em: <https://www.tecconcursos.com.br/conteudo/questoes/367075> . Acesso em: 06 nov. 2018

GUIMARÃES, Camila. Um país de analfabetos científicos: uma pesquisa nacional mostra que 79% dos brasileiros não conseguem entender um manual de instrução para usar aparelhos domésticos. Disponível em: <https://epoca.globo.com/vida/noticia/2014/09/um-pais-de-banalfabetos-cientificosb.html>. Acesso em: 05 nov. 2018.

HANKS, William. Língua como prática social: das relações entre língua, cultura e sociedade a partir de Bourdieu e Bakhtin. São Paulo: Cortez, 2008.

OLIVEIRA, Luiz A. Valores deslizantes: esboço de um ensaio sobre técnica e poder. In: O avesso da liberdade. Adauto Novaes (Org). São Paulo: Companhia das Letras, 2002. Disponível em <https://www.ebah.com.br/content/ABAAAAjrQAJ/prova-concurso>. Acesso em: 07 nov. 2018.

PORTUGUESA, Língua. Gerador de frases machistas: Campanha da ONU tenta mudar estereótipos femininos que se propagam em sistemas de buscas na internet, 2013. Disponível em <https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/questoes/6ea83f08-7e>. Acesso em: 07 nov. 2018

RESENDE, Otto Lara. Vista cansada. Folha de São Paulo, 1992. Disponível em: <http://www.releituras.com/olresende_vista.asp>. Acesso em: 07 nov. 2018

ROCHA LIMA, Carlos Henrique da. Gramática normativa da língua portuguesa. 49. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2011.

SERVILHA, Roseli. Dia Mundial da Aids é comemorado com palestra e caminhada. Disponível em: <http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1820495-dia-mundial-da-aids-e-comemorado-com-palestra-e-caminhada>. Acesso em: 05 nov. 2018.

SCHWARTSMAN, Hélio. Da soberania do indivíduo. Folha de São Paulo, 2015. Disponível em: <https://enem.estuda.com/questoes/?prova=853>. Acesso em: 06 nov. 2018.

SCLIAR, Moacyr. O lendário país do recall. Folha de São Paulo Cotidiano, 2008. Disponível em <https://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2502200808.htm>. Acesso em: 07 nov. 2018.

STRADIOTO, Sara A. Dêixis na România Nova: o lugar dos demonstrativos no português de Belo Horizonte e no espanhol da Cidade do México. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Faculdade de Letras da UFMG, Belo Horizonte. 2012. 178 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: César Nardelli Cambraia.

VERÍSSIMO, Luis F. O que faz bem pra saúde?. Velhos amigos: o site da maturidade. Disponível em: <http://classico.velhosamigos.com.br/Ilustres/odelmo.html>. Acesso em: 06 nov. 2018.

Publicado
29-06-2020