Uma análise do exercício da orientação sexual em “Variações: Enigma”, “Him” e “Morte em Veneza”

  • Ricardo Bibiano Dias Filho CEFET-MG
Palavras-chave: Sexualidade, Literatura, Lugar de Fala

Resumo

O presente artigo tem como objetivo estudar as condições que determinam o exercício da orientação sexual de quatro personagens em três obras literárias. Pelo olhar do jovem Paolo e do adulto Paul, em Variações: Enigma, pelo olhar de James e Ryan, em HIM, e pelo olhar de Gustav Von Aschenbach, em Morte em Veneza; serão estabelecidos olhares sobre a produção discursiva que determina os contextos nos quais as personagens vivem. Além de estudar quais são os discursos e apontá-los nos textos, visa-se a fazer reflexões sobre as discussões e sobre a presença desse tema na literatura acadêmica atual, atrelando-se noções sobre lugar de fala.

 

Biografia do Autor

Ricardo Bibiano Dias Filho, CEFET-MG

Graduando em Letras (2017-) pelo CEFET MG.

Referências

ACIMAM, André. Enigmas: Variações. São Paulo: Intrinseca, 2018 (trad. Por Alessandra Esteche).

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio. - São Paulo: Edições Loyola, 1996.

KENNEDY, Ellen; BOWEN, Sarina. Ele. Quando Ryan Conheceu James. São Paulo: Editora Paralela, 2018 (trad. Lígia Azevedo)

MANN, Thomas. A Morte em Veneza. In: Novelas Alemãs Org.: Otto Maria Carpeaux. São Paulo: Cultrix, I963 (trad. por Maria Delling).

RIBEIRO, Djamila. O que é lugar de fala? Belo Horizonte: Letramento: Justificando, 2017.

SIMÕES, Julio Assis. A sexualidade como questão política e social. São Paulo: Ed. Berlendis, 2009.

Publicado
28-06-2020