O gênero canção nos livros didáticos de literatura e língua portuguesa

  • Sílvio Rodrigo de Moura Rocha Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Palavras-chave: Ensino., Livro didático, Literatura, Gênero textual, Canção

Resumo

Este artigo se insere na discussão sobre o ensino de língua e literatura, tendo em vista que visa a discutir o papel do gênero canção na sala de aula e analisar coleções didáticas disponíveis no mercado contemporâneo brasileiro. Ademais, e a partir disso, ensaiamos propor percursos possíveis com a canção em situações de ensino-aprendizagem, sobretudo no ensino médio. Nosso objetivo alinha-se, pois, tanto às diretrizes e às pesquisas que hoje balizam o ensino de língua portuguesa e literatura, considerando-se o enfoque no ensino a partir dos gêneros textuais e da formatação estética dos textos, quanto a um lugar sociocultural que a canção ocupa em nosso país, sendo um gênero importante para a formação da identidade nacional.

Biografia do Autor

Sílvio Rodrigo de Moura Rocha, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Sílvio Rodrigo de Moura Rocha (Sílvio Ramiro) é doutorando em Literaturas de Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. É mestre na mesma área e instituição, defendendo o trabalho De onde vem a canção?: uma leitura estética da música de Lenine. Possui graduação em Letras também pela PUC Minas. É professor de Língua Portuguesa do Colégio Marista Dom Silvério e de Literatura e Língua Portuguesa do Sistema Pedagógico Semear. Concentra suas pesquisas em estudos estéticos e semióticos entre o discurso verbal e musical na Música Popular Brasileira (MPB) e em educação estética, buscando a interseção entre a música, a poesia e outros textos literários, com o foco, atualmente, no papel formador da arte em relação ao sujeito.

Referências

AMARAL, Emília; FERREIRA, Mauro; LEITE, Ricardo; ANTÔNIO, Severino. Novas palavras: 1º ano, 2ª ed. São Paulo: FTD, 2013.
BRASIL. Guia de livros didáticos: PNLD 2015: língua portuguesa: ensino médio. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Brasília, 2014.
BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, textos e discurso: por um interacionismosócio-discursivo. São Paulo: Educ, 1999.
CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: LIMA, Aldo (org); et al. O direito à literatura. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2012.
CANDIDO, Antonio. O estudo analítico do poema. São Paulo: Humanitas, 1996.
CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: linguagens. São Paulo: Saraiva, 2013.
COSTA, Nelson Barros da. As letras e a letra: o gênero canção na mídia literária. In: DIONÍSIO, Angela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora (org.). Gêneros textuais e ensino.. São Paulo: Parábola, 2010.
LENINE. Meu amanhã (Intuindo o til). In: LENINE. Na pressão. Barueri, São Paulo: BMG Brasil, 1999. 1 CD.
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: DIONÍSIO, Ângela Paiva e al (org.). Gêneros textuais e ensino. Parábola, 2010.
PALAVRA (En)Cantada. Direção: Helena Solberg. Produção: David Meyer. Co-produção: Marcio Debellian. Roteiro: Diana Vasconcelos, Helena Solberg, Marcio Debellian. Rio de Janeiro: Biscoito Fino, 2009. 1 DVD, 84 min, cor.
TATIT, Luiz. Musicando a semiótica: ensaios. São Paulo: Annablume, 1997.
Publicado
08-07-2020
Como Citar
Rocha, S. R. de M. (2020). O gênero canção nos livros didáticos de literatura e língua portuguesa. Scripta, 24(50), 175-203. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2020v24n50p175-203