Reflexões sobre a formação inicial de professores de Português como Língua Estrangeira/Segunda Língua (PLE/PL2) na Universidade Federal da Bahia em uma perspectiva culturalmente sensível

  • Sara Oliveira da Cruz Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Português Língua Estrangeira/Segunda Língua, Formação de professores, Perspectiva intercultural, Universidade Federal da Bahia

Resumo

Este trabalho é parte de uma pesquisa maior que teve como objetivo propor o blog como um ambiente favorável ao ensino de Português como Língua Estrangeira/Segunda Língua (PLE/PL2) em uma perspectiva culturalmente sensível aos sujeitos envolvidos no processo de ensino-aprendizagem de línguas (CRUZ, 2019). A extensão universitária e os projetos institucionais da Universidade Federal da Bahia (UFBA), respectivamente o Núcleo Permanente de Extensão em Letras (NUPEL) e o Programa Especial de Monitoria de Português como Língua Estrangeira (PROEMPLE), são os contextos dessa investigação. Aqui, se discute a formação de professores(as) de PLE/PL2, em nível de graduação, na UFBA e a sua ancoragem em princípios voltados para uma formação culturalmente sensível de seus(suas) professores(as) (MENDES, 2020), a fim de evidenciar a importância de uma orientação teórico-pedagógica mais ativa, simétrica (e mais significativa) para os(as) professores(as) em formação, capaz de formar profissionais crítico-reflexivos (e culturalmente sensíveis), como foi defendido na referida pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sara Oliveira da Cruz, Universidade Federal da Bahia

SARA OLIVEIRA DA CRUZ é graduada em Letras Vernáculas e Português como Língua Estrangeira, especialista em Educação a Distância e mestra em Língua e Cultura, na área de Linguística Aplicada, pela UFBA. Sua pesquisa versa sobre ensino e formação de professores de português como língua estrangeira/segunda língua e abordagens interculturais e críticas para o ensino de línguas. A formação adquirida no Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLinC) contribuiu significativamente para a sua atuação como professora-pesquisadora-crítica. Atualmente, é pesquisadora no Núcleo de Estudos em Língua, Cultura e Ensino (LINCE/CNPQ) e no Observatório de Português Língua Estrangeira/Segunda Língua (ObsPLE-PL2, CNPQ). Tem atuado, desde 2012, no Exame de Certificação de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (CELPE-BRAS).

Referências

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo, Parábola, 2008. 135p.

BROWN, H. D. Teaching by principles: an interactive approach to language pedagogy. New Jersey: Prentice Hall Regents, 1994.

CANDAU, V. M. Direitos humanos, educação e interculturalidade: as tensões entre igualdade e diferença. Revista brasileira de educação, v. 13, n. 37, p. 45-56, 2008.

CRUZ, Sara Oliveira da. Fiz um blog, e daí? Uma experiência sobre o ensino e a formação inicial de professores de português como língua estrangeira/segunda língua em perspectiva intercultural e crítica. 263 f. 2019. Dissertação (Mestrado em Língua e Cultura) – Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura, Instituto de Letras, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (org.) DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006, p. 15-42.

EGITO, Regina. E no entanto é preciso cantar! Música popular como mediadora do ensino-aprendizagem de Português Língua Estrangeira. 358 f. Tese (Doutorado em Língua e Cultura) – Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura, Instituto de Letras, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

IZAKI GÓMEZ, Marina Ayumi. Saberes Docentes e Desafios no Ensino de Português Língua Estrangeira na Atuação de Professores em Formação. 281 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal de São Carlos, campus São Carlos, São Carlos, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/10133/Tese_Marina%20Ayumi%20Izaki%20G%C3%B3mez_Vers%C3%A3o%20BCO.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 15 fev. 2018.

MENDES, Edleise. A Licenciatura em PLE/PL2 na Universidade Federal da Bahia: formando professores para a diversidade. In: SCARAMUCCI, Matilde; BIZON, Ana Cecília C.. (org.). Formação inicial e continuada de professores de Português Língua Estrangeira/Segunda Língua no Brasil. 1. ed. Araraquara/SP: Letraria, 2020, v. 1, p. 41-62.

MENDES, Edleise. Aprender a ser e a viver com o outro: materiais didáticos interculturais para o ensino de Português LE/L2. In: SCHEYERL, D.; SIQUEIRA, S. Materiais didáticos para o ensino de línguas na contemporaneidade: contestações e proposições. Salvador: EDUFBA, 2012a, p. 355-378. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16424. Acesso em: 25 janeiro 2021.

MENDES, Edleise. Língua, Cultura e formação de Professores: Por uma Abordagem de Ensino Intercultural. In: MENDES, E.; CASTRO, M. L. S. (orgs.). Saberes em português: ensino e formação docente. Campinas: Pontes, 2008, p. 57-77.

MENDES, Edleise. O conceito de língua em perspectiva histórica: reflexos no ensino e na formação de professores de português. In: LOBO, Tânia et all. (org.) ROSAE - Linguística Histórica, História da língua e outras histórias. Salvador-BA: EDUFBA, 2012b. p. 667-678. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16749. Acesso em: 25 janeiro 2021.

MENDES, Edleise. O ensino do português como língua estrangeira (PLE): desafios, tendências contemporâneas e políticas institucionais. In: ANDREEVA, Yana. Horizontes do saber filológico. Sófia-Bulgária: Sveti Klimente Ohridski, 2014, p. 33-45. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/32287/1/Gramatica%20verbos%20Sofia.pdf. Acesso em: 25 janeiro 2021.

MENDES, Edleise. O português como língua de mediação cultural: por uma formação intercultural de professores e alunos de PLE. In: MENDES, E. (org.) Diálogos Interculturais: ensino e formação em português língua estrangeira. Campinas, SP: Pontes Editores, 2011, p. 137-158.

NUPEL. Núcleo Permanente de Extensão em Letras. Disponível: http://www.nupel.ufba.br/apresentacao-e-objetivos. Acesso em: 20 janeiro 2021.

PESCE. L.; ABREU, C. B. M. Pesquisa qualitativa: considerações sobre as bases filosóficas e os princípios norteadores. Revista da FAEEBA – Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 22, n. 40, p. 19-29, jul./dez. 2013. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/747. Acesso em: 13 janeiro 2018.

PPPLE. Portal do Professor de Português Língua Estrangeira/Língua Não Materna. Disponível em: http://www.ppple.org. Acesso em: 15 janeiro 2021.

PROFICI. Programa de Proficiência em Língua Estrangeira para Estudantes e Servidores da UFBA. Disponível em: https://profici.ufba.br/. Acesso em: 20 janeiro 2021.

RODRIGUES, Lucas. Uma experiência de aprendizagem com o português LE/L2 na Bahia-Brasil: percepções dos aprendentes pré-PEC-G (UFBA) sobre a pedagogia de projetos. 151 f. (Dissertação) Mestrado em Língua e Cultura. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

Publicado
29-06-2021
Como Citar
Cruz, S. O. da. (2021). Reflexões sobre a formação inicial de professores de Português como Língua Estrangeira/Segunda Língua (PLE/PL2) na Universidade Federal da Bahia em uma perspectiva culturalmente sensível. Scripta, 25(53), 267-295. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2021v25n53p267-295