Um romance interdisciplinar revolucionário

  • Álvaro Cardoso Gomes Universidade de São Paulo; Universidade de Santo Amaro
Palavras-chave: No hospício, Rocha Pombo, Simbolismo, Romance, Ensaio.

Resumo

Este artigo analisa o romance No hospício, de Rocha Pombo, procurando mostrar como o autor envereda pelo experimentalismo romanesco, o que o leva a criar uma obra revolucionária. Impregnando sua ficção com reflexões estéticas, metafísicas e a poesia, o autor criou um romance inovador que reflete as grandes inquietações do Simbolismo, no final do século XIX.

Biografia do Autor

Álvaro Cardoso Gomes, Universidade de São Paulo; Universidade de Santo Amaro
  1. Formação: Doutor e Livre-Docente em Letras pela Universidade de São Paulo, Prof. Titular
  2. Instituição de trabalho: Prof. Titular da Universidade de São Paulo e Coordenador do Mestrado Interdisciplinar da Universidade de Santo Amaro

Referências

BALZAC, Honoré de. Seráfita. A comédia humana. Organização, Introdução e notas de Paulo Rónai. São Paulo: Globo, 1993.

BAUDELAIRE, Charles. Les fleurs du mal. Paris: Garnier, 1961.

FEIDELSON Jr, Charles. Symbolism and American Literature. 7 ed. Chicago: University of Chicago Press, 1969.

FIORIN, José Luiz; BARROS, Diana de (Org.). Dialogismo, polifonia, intertextualidade: em torno de Bakhtin. São Paulo: Edusp, 1994.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. Estética: poesia e música. 2. ed. Lisboa: Guimarães Ed., 1974.

LAMARTINE, Alphonse de. Préface de 1984. Méditations poétiques. Paris: Delmas, 1949.

MALLARMÉ, Stéphane. Oeuvres complètes. Paris: Gallimard, 1951.

MESQUITA, Roberto de. Almas cativas. Lisboa: Ática, 1973.

MOISÉS, Massaud. Simbolismo. História da Literatura Brasileira. 2. ed. São Paulo: Cultrix/Edusp, 1984.

MURICY, Andrade. Panorama do movimento simbolista brasileiro. 2. ed. Brasília: Conselho Federal de Cultura e Instituto Nacional do Livro, 1973.

RIMBAUD, Arthur. Oeuvres complètes. Paris: Gallimard, 1951.

ROCHA POMBO, José Francisco da. No hospício. Curitiba: Prefeitura Municipal de Curitiba, 1996.

SCHILLER, Friedrich. Schiller‘s sämmtliche Werke. Christian Gottfried Körner, 1855.

SWEDENBORG, Emanuel. Du Ciel et de l’Enfer. Paris: E. Jung Trenttel, 1872.

WILSON, Edmund. O castelo de Axel. Tradução de José Paulo Paes. 9. ed. São Paulo: Cultrix, 1993.

Publicado
22-08-2018
Como Citar
Cardoso Gomes, Álvaro. (2018). Um romance interdisciplinar revolucionário. Scripta, 19(37), 235-256. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2015v19n37p235
Seção
Outras vozes

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)