Posicionamentos identitários em práticas de escrita da esfera acadêmica

  • Jane Quintiliano Guimaraes Silva PUC Minas
  • Renata Oliveira Marques Gomide PUC Minas
Palavras-chave: Posicionamentos identitários, Jogo de vozes, Referência pessoal, Modalizações.

Resumo

Em interlocução com o pressuposto de que as práticas discursivas da esfera acadêmica são espaços constitutivos de identidades, este trabalho, sob uma perspectiva discursiva, investiga os posicionamentos discursivo-enunciativos de alunos em processo de formação acadêmico-profissional em Letras, a fim de compreender os movimentos de emergência identitária desses sujeitos no trabalho da construção discursiva de seus textos. Tendo em vista não somente a organização da composicionalidade textual como também as condições de produção dos discursos, são analisados diferentes mecanismos enunciativos e discursivos (particularmente as estratégias de referência pessoal, as modalizações e o jogo de vozes) em atividades acadêmicas desenvolvidas por alunos em formação inicial (2º período), recém‑ingressados na universidade, e por alunos no último ano do Curso (7º período), às vésperas de se formarem. Em vista disso, a análise do corpus contempla as diversas formas pelas quais o sujeito investe-se para dizer o que diz e como diz, com o objetivo de apreender as imagens que ele constrói sobre a própria formação, bem como os papéis sociais que assume e suas ações na esfera acadêmica.

 

Referências

ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de Estado: notas sobre os aparelhos ideológicos de Estado. Rio de Janeiro: Graal, 1983.

AMOSSY, Ruth. O ethos na intersecção das disciplinas: retórica, pragmática, sociologia dos campos. In: AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005. p. 119-144.

AMOSSY, Ruth. Ethos. In: CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU,

Dominique. Dicionário de Análise do Discurso. Tradução de Fabiana Komesu et

al. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2006. p. 220-234.

ASSIS, Juliana Alves; SILVA, Jane Quintiliano Guimarães. Gêneros na formação e na atuação do professor de língua materna: o que ainda é preciso dizer e fazer a propósito dessa relação. In: SERRANI, Silvana (Org.). Letramento, discurso e trabalho docente. Vinhedo: Belo Horizonte, 2010. p. 172-179.

BAKHTIN, Mikhail. Os Gêneros do discurso. In: BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p. 261-335.

BAKHTIN, Mikhail; VOLOCHÍNOV, Valentin Nikolaevich. Marxismo e

filosofia da linguagem. 11. ed. São Paulo: Hucitec, 2004. Original publicado em 1929.

BENVENISTE, Émile. Problemas de linguística geral. Campinas, SP: Pontes, 1995. v. 1.

BEZERRA, Paulo. Polifonia. In: BRAIT, Beth (Org.). Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2007. p. 191-200.

BRANDÃO, Helena H. Nagamine. Introdução à análise do discurso. 2. ed. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2004.

BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, textos e discursos: por um interacionismo sociodiscursivo. Tradução de Anna Rachel Machado, Péricles Cunha. São Paulo: EDUC, 2003.

BRONCKART, Jean-Paul. O agir nos discursos: das concepções teóricas às concepções dos trabalhadores. Tradução de Anna Rachel Machado e Maria de Lourdes Meirelles Matencio. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2008.

DUCROT, Oswald. Esboço de uma teoria polifônica da enunciação. In: DUCROT, Oswald. O dizer e o dito. Campinas, SP: Pontes, 1987. p. 161-222.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Tradução de Luiz Felipe Baeta Neves. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

GNERRE, Maurizzio. Linguagem, escrita e poder. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

HADDAD, Galit. Ethos prévio e ethos discursivo: o exemplo de Romain Rolland. In: AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005. p. 119-144.

HALL, Stuart. Quem precisa da identidade? In: WOODWARD, Kathryn; SILVA, Tomaz Tadeu da; HALL, Stuart (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. p. 103-131.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução de Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

HOLLAND, Dorothy et al. Identity and agency in cultural worlds. Cambridge: Harvard University Press, 1998.

HORTON, Paul B.; HORTON, Robert H. Introdução à sociologia. São Paulo: Brasiliense, 1975.

Publicado
11-07-2013
Como Citar
Silva, J. Q. G., & Gomide, R. O. M. (2013). Posicionamentos identitários em práticas de escrita da esfera acadêmica. Scripta, 17(32), 219-240. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2013v17n32p219
Seção
Dossiê letramentos e posicionamentos identitários: construção discursiva