Letramento e identidade: as fronteiras da tradução

  • Maria Sílvia Cintra Martins Professora do Departamento de Letras da Universidade Federal de São Carlos. Líder do Grupo de Pesquisa LEETRA “Linguagens, etnicidades e estilos em transição” (CNPq).
Palavras-chave: Letramento, Identidade, Etnicidade, Semiosfera, Tradução.

Resumo

Este trabalho comporta reflexões a respeito da inter-relação que se estabelece entre letramento e identidade com base em visada interdisciplinar, que abrange referências das áreas de pesquisa de Linguística Aplicada, de Semiótica da Cultura e de Antropologia. Entre outros enfoques, exploro conceitos advindos da Semiótica Tensiva e da Semiótica da Cultura. É dada, ainda, ênfase particular ao conceito de artefato cultural. Com base em relatos de experiências de pesquisa, proponho a revisão e complexificação do conceito de contínuo de gêneros do discurso, de tal forma a que integre, por um lado, questões pertinentes à identidade social, por outro, a noção de tradução dentro de uma abordagem complexa, contraditória e híbrida.

 

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997. Original publicado em 1979.

BAKHTIN, Mikhail. (VOLOCHÍNOV, Valentin. N.). Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 1995. Original publicado em 1929.

BARTLETT, Lesley. To seem and to feel: situated identities and literacy practices, In: Teachers college record, Columbia University, v. 109, n. 1, p. 51-69, 2007.

BARTON, David; HAMILTON, Mary. Local Literacies: Reading and writing in one community. London: Routledge, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Referencial curricular nacional para as escolas indígenas. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CAMERON, Deborah et al. Researching language: issues of power and method. London/New York: Routledge, 1992.

COHEN, Abner. Introduction: The lesson of ethnicity. In: COHEN, Abner (Org.). Urban ethnicity. New York: Routledge, 2004.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

DERRIDA Jacques. O monolinguismo do outro – Ou a prótese da origem. Porto: Campo das Letras, 2001.

FONTANILLE, Jacques; ZILBERBERG, Claude. Tensão e significação. São Paulo: Humanitas, 2001.

GIDDENS, Anthony. Modernity and self-identity. Self and society in the late modern age. Cambridge: Polity Press, 1991.

LOTMAN, Juri. La semiosfera II. Semiótica de la cultura, del texto, de la conducta y del espacio. Selección y tradución del ruso por Desiderio Navarro. Madrid: Ediciones Cátedra, 1998.

LOTMAN, Juri. On the semiosphere. Sign systems studies, v. 33, n. 2005.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. São Paulo: Cortez, 2001.

MARTINS, Maria Sílva Cintra. Ethos, gêneros e questões identitárias. Revista Delta. São Paulo, v. 23, n. 1, 2007.

MARTINS, Maria Sílva Cintra. Hibridismo e plasticidade na constituição dos gêneros do discurso. Trabalhos em linguística aplicada, Campinas, v. 48, p. 23-39, 2009.

MARTINS, Maria Sílvia Cintra. Ethos e estilo em textos produzidos na esfera acadêmica. In: SERRANI, Silvana (Org.). Letramento, discurso e trabalho docente: uma homenagem a Angela Kleiman. São Paulo: Ed. Hedra/Ecidade, 2010.

MARTINS, Maria Sílvia Cintra. Aspectos tradutórios do letramento: a construção

do estilo. Linguasagem.São Carlos, n. 18, 2011. Disponível em: <http://www.letras.ufscar.br/linguasagem/edicao18/artigos/023.pdf>. Acesso em: 12 jun. 2012.

MARTINS, Maria Sílvia Cintra. Letramento, etnicidade e diálogo intercultural. Revista Delta. São Paulo, v. 27, n. 1, p. 77-98, 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/delta/v27n1/a05v27n1.pdf>. Acesso em: 12 jun. 2012.

MARTINS, Maria Sílvia Cintra. Reflexões sobre a educação escolar indígena sob a perspectiva sócio-histórica: uma entrevista com Wolfgang Jantzen. Série-Estudos. Campo Grande, n. 32, p. 281-293, jul./dez. 2012.

MARTINS, Maria Sílvia Cintra. Os temas geradores e a educação escolar indígena diferenciada à luz dos conceitos de cronotopo, de etnicidade e de semiosfera. Revista Língua & Literatura. São Paulo: Humanitas, 2013.

MITCHELL, James Clyde. Perceptions of ethnicity and ethnic behaviour: an empirical exploration. In: COHEN, Abner (Org.). Urban ethnicity. New York: Routledge, 2004.

STREET, Brian. Cross-cultural approaches to literacy. Cambridge: Cambridge University Press, 1993.

Publicado
11-07-2013
Como Citar
Martins, M. S. C. (2013). Letramento e identidade: as fronteiras da tradução. Scripta, 17(32), 97-112. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2013v17n32p97
Seção
Dossiê práticas de letramento e identidades: estudos etnográficos