As metáforas sobre Alzheimer em textos de divulgação científica: um olhar comparativo sobre os jornais O Globo e USA Today

  • Suelen Martins Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Palavras-chave: Metáfora, Divulgação científica, Alzheimer, O Globo, USA Today.

Resumo

Este estudo tem como objetivo investigar, nos jornais online O Globo e USA Today, quais metáforas se pode deduzir a partir das expressões linguísticas utilizadas por jornalistas em matérias de divulgação científica sobre Alzheimer. Os corpora que integram a pesquisa são compostos por matérias de divulgação científica, publicadas nos sites desses jornais, coletadas em um período entre janeiro de 2012 e setembro de 2015. O arcabouço teórico é composto por textos que tratam das noções de metáfora conceptual, de metáfora em discurso da língua em uso, de divulgação científica e metáfora. Conclui-se que a metáfora é utilizada em todo o continuum da divulgação científica, e o Alzheimer é conceptualizado a partir do domínio da GUERRA. Pode-se inferir que os jornalistas utilizam esse tipo de metáfora, uma vez que é convencionalizada devido às experiências negativas relacionadas à ideia de doença.



Biografia do Autor

Suelen Martins, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Doutoranda em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui mestrado em Estudos de Linguagem pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (2013), especialização em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais/PUC-MG (2008), graduação em Letras - habilitação Português/Inglês pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (2006). Atualmente é professor de língua portuguesa - Colégio Arnaldo - Unidade Funcionários - e professor assistente das Faculdades Arnaldo. Tem experiência na área de Letras.

Referências

ANTCONC. Disponível em: <http://www.laurenceanthony.net/software.html>. Acesso em: 5 jul. 2016.

BAIMA, Cesar . Exame de imagem pode ajudar no diagnóstico precoce de Alzheimer. O Globo. Rio de Janeiro, 27 de maio de 2015. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/exame-de-imagem-pode-ajudar-nodiagnostico-precoce-de-alzheimer-16268801>. Acesso em: 5 jul. 2016.

BERBER-SARDINHA, Tony. Linguística de Corpus. Barueri, São Paulo. Editora Manole, 2004.

CAMERON, Lynne. Metaphors in educational discourse. London: Continuum, 2003.

CAMERON, Lynne. Confrontation or complementarity? Metaphor in language use and cognitive metaphor theory. Annual Review of Cognitive Linguistics, Amsterdam/Philadelphia, v. 5, n. 1, p. 107-135, Dec. 2007.

CAMERON, Lynne; DEIGNAN, Alice. The emergence of metaphor in discourse. Applied Linguistics, Oxford, v. 27, n. 4, p. 671-690, June 2006.

CAMERON, Lynne; MASLEN, Robert. Metaphor analysis: research practice in applied linguistics, social sciences and the humanities. London, UK: Equinox Publishing Ltd, 2010.

CIAPUSCIO, Guiomar Elena. Las metáforas en la comunicación de ciencia. In: HARVEY, Anamaría (Org.). En torno al discurso: estudios y perspectivas. Santiago: Universidad Católica de Chile, 2005. p. 81-93.

CIAPUSCIO, Guiomar Elena. De metáforas durmientes, endurecidas y nômades: um enfoque linguístico de las metáforas en la comunicación de la ciencia. ARBOR Ciencia, Pensamiento y Cultura, Madrid, Espanha, v. 187, n. 747, p. 89-98, ene./feb. 2011.

FELTES, Heloísa Pedroso de Moraes; PELOSI, Ana Cristina; FERREIRA, Luciane Corrêa. Metáfora e empatia no discurso de vítimas de violência em centros urbanos brasileiros. In: MOURA, Heronides; GABRIEL, Rosângela (Org.). Cognição na linguagem. Florianópolis: Insular, 2012. p. 89-115.

FERREIRA, Luciane Corrêa. Metáforas do medo: um estudo das conceitualizações sobre violência urbana na cidade de Belo Horizonte, MG, Brasil. In: ALMEIDA, A. D.; SANTOS, E. (Org.). Conexões em rede: semântica cognitiva e linguagens. Salvador: Edufba (no prelo).

FRIEDMAN, Lindsay. Samaritans honor those with Alzheimer’s on longest day. USA Today. Virgínia, 20 de junho de 2013. Disponível em: <http://www.usatoday. com/story/news/nation/2013/06/20/alzheimers-disease-longest-day/2439507/>. Acesso em: 5 jul. 2016.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo:Atlas, 2002.

HUANG, Carolina. A metáfora no texto científico de medicina: um estudo terminológico da linguagem sobre AIDS. 2005. 409 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

KÖVECSES, Zoltán. Metaphor: A Practical Introduction. Oxford: Oxford University Press, 2010.

KRIEGER, Maria da Graça; FINATTO, Maria José Bocorny. Introdução à terminologia: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2004.

LAKOFF, George; JOHNSON, Mark. Metáforas da vida cotidiana. Tradução do Grupo de Estudos da Indeterminação e da Metáfora e Vera Maluf. São Paulo: EDUC; Campinas, SP: Mercado de Letras, 2002.

LAKOFF, George; JOHNSON, Mark. Metaphors we live by. Chicago: The University of Chicago Press, 2003. Original publicado em 1980.

LLOYD, Janice. Gene linked to higher Alzheimer’s risk in blacks. USA Today. Virgínia, 9 de abril de 2013. Disponível em: <http://www.usatoday.com/story/news/nation/2013/04/09/ african-americans-alzheimers-gene/2066645/>. Acesso em: 5 jul. 2016.

MALASZKIEWICZ, Paula Fernanda. Conceptualização metafórica da anatomia em português: artérias, veias e nervos. 2013. 101 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

MILHORANCE, Flávia. Droga traz esperança contra Alzheimer. O Globo. Rio de Janeiro, 22 de julho de 2015. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/droga-traz-esperanca-contra-alzheimer-16891326>. Acesso em: 5 jul. 2016.

O’CONNOR, Sandra Day; SHRIVER, Maria. Column: A race against time to stop Alzheimer’s. USA Today. Virginia, 25 de maio de 2012. Disponível em: <http://usatoday30.usatoday.com/news/opinion/forum/story/2012-05-25/alzheimers-agememory-loss-research-cure/55204134/>. Acesso em: 5 jul. 2016.

O GLOBO. Espinafre pode combater sintomas de demência. O Globo. Rio de Janeiro, 12 de setembro de 2012. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/espinafre-pode-combater-sintomas-de-demencia-6072337>. Acesso em: 5 jul. 2016.

O GLOBO. Novo estudo relaciona a ingestão de cobre ao Alzheimer. O Globo. Rio de Janeiro, 20 de agosto de 2013. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/novo-estudo-relaciona-ingestao-de-cobre-aoalzheimer-9624475>. Acesso em: 5 jul. 2016.

PAINS, Clarissa. ‘Alzheimer é um diabetes que ocorre no cérebro’, diz pesquisadora da UFRJ. O Globo. Rio de Janeiro, 14 de setembro de 2015. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/alzheimer-um-diabetes-que-ocorreno-cerebro-diz-pesquisadora-da-ufrj-17486989>. Acesso em: 5 jul. 2016.

SEMINO, Elena. Metaphor in Discourse. Cambridge: Cambridge UniversityPress, 2008.

SILVA, Teófilo Roberto da. Estudo descritivo da realização das metáforas política externa é guerra e política externa é comércio. 2011. 124 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Centro de Humanidades, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.

TEMMERMAN, Rita. Towards new ways of terminology description: the sociocognitive approach. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 2000.

WEINTRAUB, Karen. Alzheimer’s risk tied to concussions in some. USA Today. Virginia, 26 de fevereiro de 2013. Disponível em: <http://www.usatoday.com/story/news/nation/2013/ 12/26/alzheimers-concussion/4205373/. Acesso em: 5 jul. 2016.

WILLIAMS, Sean. Alzheimer’s disease next frontier in research. USA Today. Virginia, 7 de dezembro de 2013. Disponível em: <http://www.usatoday.com/story/money/markets/2013/ 12/07/alzheimers-disease-next-big-frontier/3691667/>. Acesso em: 5 jul. 2016.

Publicado
23-12-2016
Como Citar
Martins, S. (2016). As metáforas sobre Alzheimer em textos de divulgação científica: um olhar comparativo sobre os jornais O Globo e USA Today. Scripta, 20(40), 250-271. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2016v20n40p250
Seção
Dossiê Metáfora