Maria Forte Diogo, S. (2008). Quando morre a flor do sertão: figuração da morte em “Buriti” de João Guimarães Rosa. Scripta, 12(23), 213-228. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/4422