[1]
L. P. Duarte, “Ironia romântica e modernidade em Viagens na minha terra”, Rev. SCRIPTA, vol. 3, nº 5, p. 102-107, out. 1999.