[1]
A. D. Almeida, “Brasil, 2015: como a presidenta, seu partido, seus eleitores e seu governo podem ser conceptualizados em rede social”, Rev. SCRIPTA, vol. 20, nº 40, p. 99-118, dez. 2016.