[1]
K. S. de Oliveira e L. L. Amaral, “Os verbos de estado no português brasileiro: propriedades semânticas e classificação”, Rev. SCRIPTA, vol. 24, nº 51, p. 328-360, set. 2020.