[1]
V. V. A. Barros, “A guerra colonial portuguesa na poesia testemunhal de Fernando Assis Pacheco e Manuel Alegre: diálogos, congruências e incongruências”, Rev. SCRIPTA, vol. 24, nº 52, p. 235-260, dez. 2020.