[1]
R. Pinto, “Ação empreendedora: que (re)configurações possíveis?”, Rev. SCRIPTA, vol. 15, nº 28, p. 103-117, jul. 2011.