[1]
S. Maria Forte Diogo, “Quando morre a flor do sertão: figuração da morte em ‘Buriti’ de João Guimarães Rosa”, Rev. SCRIPTA, vol. 12, nº 23, p. 213-228, dez. 2008.