Residência multiprofissional em saúde: uma breve análise acerca da potencialidade do programa no município de Betim

Palavras-chave: Residência Multiprofissional em Saúde, impacto, atenção primária à saúde.

Resumo

Este estudo tem por objetivo pesquisar o impacto causado pela Residência Multiprofissional em Saúde da Família sob a ótica dos trabalhadores da unidade na qual o programa esteve inserido, por meio de análises de prontuários e observação sistemática do campo de prática. Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória de campo, de caráter qualitativo, realizada com sujeitos com formação de nível superior, atuantes na unidade de saúde pesquisada por no mínimo três anos. Foi realizada coleta de dados através de entrevista semiestruturada, sendo os dados obtidos nos discursos categorizados através da técnica de analise de conteúdo. Também foram analisados prontuários de pacientes indicados pelas equipes de saúde e elaborado roteiro de observação do campo para identificar a influência do programa no processo de trabalho na unidade. Resultados: Foram desveladas duas categorias analíticas: 1) Parâmetros organizacionais da residência multiprofissional em saúde e 2) Um novo olhar para o trabalho em saúde e produção do cuidado. Conclusão: O programa de Residência Multiprofissional em Saúde é apontado como uma possibilidade de maior oferta de profissionais a comunidade, o que contribui para a melhoria da assistência. Além disso, foi mencionado como promotor do encontro da teoria com a prática no que tange a educação permanente em saúde.

Biografia do Autor

Aline Figueiredo Camargo, Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais
  1. Residência Multiprofissional em Saúde
  2. Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde
  3. Àrea de conhecimento: Saúde da Família
Publicado
2016-12-14
Seção
SINAPSE DA SAÚDE