Criação de banco de imagens de insetos aquáticos e sua eficácia comparada a outros instrumentos de identificação taxonômica

Alison Bramuth, Diogo França, Henrique Paprocki

Resumo


É evidente a importância da taxonomia na gestão de recursos naturais. Porém, os instrumentos taxonômicos atuais não acompanham a crescente necessidade de gerar conhecimento para a gestão ambiental. Cursos d’água são recursos naturais vitais que tem sofrido com os impactos provocados pela crescente economia. O biomonitoramento com insetos aquáticos é uma ferramenta importante na gestão dos cursos d’água O objetivo deste trabalho foi criar um banco de imagens de insetos aquáticos, para trabalhos de identificação. O banco de imagens criado possui pranchas fotográficas dos indivíduos e características taxonômicas que permitem a classificação ao nível de família e em alguns casos ao nível genérico. Confrontamos a eficácia do banco de imagens com chaves de identificação e com um livro com chaves e ilustrações, através de identificações realizadas por alunos da PUC Minas. O tempo de identificação foi menor com o uso do banco de imagens (p<0,01). Quantidade de acertos e confiança dos alunos em suas respostas foram significativamente maior do que com o uso dos outros instrumentos (p<0,01). O banco de imagens se mostrou um instrumento que permite acesso rápido e fácil à informação, sendo capaz de mudar significativamente os estudos taxonômicos.

Palavras-chave


taxonomia; macroinvertebrados aquáticos; fotografia; biomonitoramento

Texto completo:

PDF


Revista Sinapse Múltipla

 

CONTATO

Rua do Rosário, 1081 – Bairro Angola - Betim, MG – Brasil

CEP: 32604-115

Tel: +55 (31) 3539-6837

E-mail: sinapsemultipla@pucminas.br