PERSPECTIVAS E DESAFIOS ENFRENTADOS PELOS DIREITOS HUMANOS NO MUNDO GLOBALIZADO: UM PANORAMA CONCEITUAL DE PROTEÇÃO À VIDA E A PROBLEMÁTICA DO TRÁFICO DE PESSOAS PARA FINS DE EXPLORAÇÃO SEXUAL

Alessandra Mara de Freitas Silva, Cristian Kiefer da Silva, Daniel Augusto Arouca Bizzotto

Resumo


A presente pesquisa premiará um diálogo em torno da proteção a vida em sua essência, abordando a problemática do tráfico de pessoas para fins de exploração sexual. Tal temática incentiva a discussão pela comunidade jurídica de um assunto que ainda precisa ser enfrentado. São tantos os desafios a serem superados, de modo que, se possa pensar em mecanismos que tornem as políticas públicas realmente eficazes para combater as ilicitudes nesse aspecto. Ainda hoje, observa-se que, mesmo com todos os veículos de acesso às informações existentes, a realização dessa prática tem sido corriqueira. Nesse sentido, a pesquisa consiste em apontar o surgimento do problema e como ele se desenvolveu até os dias atuais, identificando quais são as formas e os meios pelos quais se dá o tráfico de pessoas e qual a camada social mais atingida, bem como, estabelece quais as regiões e os locais onde o aliciamento de pessoas se faz mais presente e, por fim, enumera eventuais soluções que possam contribuir para a extinção ou diminuição do problema que está em evidência no contexto social. Percebe-se ao longo do estudo, que não obstante as políticas públicas já instituídas, ainda há muito a ser feito, no que tange a atuação estatal no combate ao crime de tráfico de pessoas, inclusive, no trabalho de conscientização da população.

Palavras-chave


Direitos Humanos. Tráfico de Pessoas. Exploração Sexual

Texto completo:

PDF

Referências


ARY, Thalita Carneiro. O tráfico de pessoas em três dimensões: evolução, globalização e a rota Brasil-Europa. Dissertação de Mestrado. Universidade de Brasília. Brasília, Abril/2009. Disponível em: < http://mundorama.net/2010/12/01/o-trafico-de-pessoas-em-tres-dimensoes-evolucao-globalizacao-e-a-rota-brasil-europa-dissertacao-de-mestrado-de-thalita-carneiro-ary-apresentada-ao-programa-de-pos-graduacao-em-relacoes-internaci/ > Acesso em: 21 nov. 2013.

BARROS, Marco Antônio de. Tráfico de pessoas para fim de exploração sexual e a adoção internacional fraudulenta. Publicado em: LEX – Jurisprudência do Supremo Tribunal Federal. ISSN 0100-8390, Ano 32, nº 378, Junho/2010. Disponível em: Acesso em: 04 mar. 2014.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. Lex: Vade Mecum Saraiva. 15ª Ed. São Paulo: Ed. Saraiva, 2013.

BRASIL. Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Institui o Código Penal. Lex: Vade Mecum Saraiva. 15ª Ed. São Paulo: Ed. Saraiva, 2013.

BRASIL. Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941. Código de Processo Penal. Institui o Código de Processo Penal. Lex: Vade Mecum Saraiva. 15ª Ed. São Paulo: Ed. Saraiva, 2013.

BRASIL. Decreto n° 5.017, de 12 de março de 2004. Decreto do Presidente da República. Promulga o Protocolo Adicional à Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional Relativo à Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas, em Especial Mulheres e Crianças. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

BRASIL. Lei nº 11.829, de 25 de novembro de 2008. Altera a Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente, para aprimorar o combate à produção, venda e distribuição de pornografia infantil, bem como criminalizar a aquisição e a posse de tal material e outras condutas relacionadas à pedofilia na internet. Disponível em: Acesso em: 19 maio 2014.

BRASIL. Ministério da Justiça. Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. Cartilha. Brasília, Fevereiro/2007. Disponível em: < http://reporterbrasil.org.br/documentos/cartilha_trafico_pessoas.pdf > Acesso em: 18 out. 2013.

BRASIL. Ministério Público do Estado de Goiás. Tráfico de pessoas: conceito e características. Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. Disponível em: < http://www.mp.go.gov.br/portalweb/conteudo.jsp?page=32&conteudo=conteudo/b120cba919fb9b7204d85b30b319f5a5.html > Acesso em: 15 out. 2013.

CAMARGO, Chaves. Culpabilidade e Reprovação Penal. São Paulo: Sugestões Literárias, 1994.

CARVALHO, Kildare Gonçalves. Direito Constitucional: teoria do Estado e da Constituição - Direito Constitucional Positivo. 15ª edição, Belo Horizonte: Del Rey, 2009.

COSTA, Joana Azevedo da. Tráfico de Seres Humanos. Compilações Doutrinais - Verbo Jurídico. Junho/2011. Disponível em: Acesso em: 04 mar. 2014.

COSTA, Paulo Manuel. Tráfico de Pessoas: algumas considerações legais. SOCIUS – Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações Instituto Superior de Economia e Gestão Universidade Técnica de Lisboa, nº 8/2004, Portugal. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

FEITOZA, Jordanna Maria Bastos de Araújo Cavalcanti. Aspectos legais do tráfico interestadual de mulheres para fins de exploração sexual no estado do Ceará. Monografia, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza/Ceará, 2010. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. Direitos Humanos Fundamentais. 14ª edição, São Paulo: Saraiva, 2012.

FILHO, Antônio Jonas Dias. O Turismo Sexual no Brasil. SEMATA, Ciências Sociais e Humanidades, ISSN 1137-9669, 2004, vol. 16: 373385. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

FREITAS JR., Antônio Rodrigues de. Tráfico de pessoas e repressão ao crime organizado. Artigo Revista Internacional de Direito e Cidadania, n. 3, fevereiro/2009. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

LEAL, Maria Lúcia; LEAL, Maria de Fátima (Organizadoras). Pesquisa sobre tráfico de mulheres, crianças e adolescentes para fins de exploração sexual comercial no Brasil: relatório nacional. CECRIA, Brasília, 2002. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

Nações Unidas. Escritório contra Drogas e Crime (UNODC). A iniciativa global contra o tráfico de pessoas. Cartilha. Brasília. Disponível em: Acesso em: 04 mar. 2014.

NETO, Edgar Lopes da Costa. Tráfico Internacional de Seres Humanos. Disponível em:

Acesso em: 03 mar. 2014.

Organização Internacional do Trabalho. Tráfico de Pessoas para fins de Exploração Sexual. Cartilha. OIT, 2ª edição, 2006. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

PAIVA, Leila. Violência Sexual: conceitos. Artigo Científico. Disponível em: Acesso em: 15 maio 2014.

PEREIRA, Danilo Cardoso. O Tráfico de Pessoas para fins de Exploração Sexual. Artigo Científico. Disponível em: Acesso em: 15 out. 2013.

PEREIRA, Sónia; VASCONCELOS, João. Trabalho forçado: estudo de casos e respostas de Portugal. Escritório da OIT em Lisboa; Organização Internacional do Trabalho. Genebra: OIT, 2007. Disponível em: Acesso em: 03 mar. 2014.

SALES, Lília Maia de Morais; ALENCAR, Emanuela Cardoso Onofre de. Tráfico de seres humanos, Migração, Contrabando de migrantes, Turismo sexual e Prostituição: algumas diferenciações. Publicado em: março de 2008. Disponível em: Acesso em: 16 mar. 2014.

SALGADO, Daniel de Resende. O bem jurídico tutelado pela criminalização do tráfico internacional de seres humanos. Artigo Científico. Disponível em: Acesso em: 04 mar. 2014.

SILVA, Francisco Anderson Costa da. A importância do combate à exploração sexual e ao tráfico de crianças e adolescentes na internet. Monografia, Universidade de Fortaleza, Fortaleza/Ceará, Novembro/2009. Disponível em: Acesso em: 04 mar. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Virtuajus