Ética, Liberdade e Angústia em Sartre: A Possível Construção do Nós

Thiago Teixeira

Resumo


este artigo pretende lançar luz sobre a angústia ética anunciada por Jean-Paul Sartre em sua obra O ser e o nada: ensaio de ontologia fenomenológica. Ali buscaremos as bases de uma reflexão que nos permita pensar a liberdade humana a partir do engajamento e do comprometimento com o outro e com a situação. Neste sentido, traremos à tona a discussão acerca da responsabilidade que, na intenção de reformular a realidade, consolide a ultrapassagem dos valores de violência e de subjugação do outro. A grande força deste artigo é tensionar o debate de descentralização do sujeito rumo à construção de um horizonte humano, isto é, do nós.


Palavras-chave


ética, liberdade, responsabilidade, descentralidade, nós

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Virtuajus