MINAS: UMA ANÁLISE DA FORMAÇÃO IDENTITÁRIA E CULTURAL DO ESTADO DO OURO

MINAS 300 ANOS

  • Steven Adrian dos Santos
Palavras-chave: Formação, Minas Gerais, Cultura, Ouro

Resumo

Esta pesquisa deflagra a ordem social do Estado de Minas Gerais no período compreendido entre os anos de 1692 a 1789. Respectivamente, da descoberta do ouro até a Inconfidência Mineira. Tem por meta entender o sentido da independência de que tanto falam os autores e cantam os poetas. Analisa-se o cenário geológico como base propedêutica para compreensão da história das jazidas. Examina-se o modus operandi da administração portuguesa no Brasil. Busca-se desvendar a cultura mineira sob os enredos dos poetas, dos eventos e acontecimentos que cercam e dão consistência à história das Minas do Ouro. Elucida-se um novo sentido para a “independência”, desta vez, para lá de política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALKIMIN, Fernando F. História Geológica de Minas Gerais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, 2018.

AMARAL, Alex Lombello. Origens das Minas Gerais. Minas Gerais: Heráclito, 2012.

BERGAD, Laird W. Slavery and the Demographic and Economic History of Minas Gerais, Brazil, 1720-1888. São Paulo: CAMBRIDGE LATIN AMERICAN STUDIES, 1999.

BOCAYUVA, Quintino, 1836-1912. Os Mineiros da Desgraça. Rio de Janeiro: Typographia do Diario do Rio de Janeiro, 1862. Disponível em: http://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/242744. Acesso em: 15 de outubro de 2020.

CARPEAUX, Otto Maria. O Modernismo por Carpeaux. Rio de Janeiro: Leya, 2012.

CHAVEZ, Edneila Rodrigues. Criação de vilas em Minas Gerais no início do regime monárquico. VARIA HISTORIA, nº 51, vol. 29, p.817-845, set/dez 2013.

COSTA, Cláudio Manuel da. Poema Vila Rica. Ouro Preto : Typ. do Universal, 1839. Disponível em: https://digital.bbm.usp.br/handle/bbm/4682. Acesso em: 22 de setembro de 2020.

CUNHA, Euclides da. Os Sertões. São Paulo: Três, 1984.

MINAS GERAIS. Decreto 36, DE 12/04/1890. Disponível em:

https://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=DEC&nu m=36&comp=&ano=1890. Acesso em: 22 de setembro de 2020.

DORIA, Pedro. 1789: a história de Tiradentes, contrabandistas, assassinos e poetas que sonharam a Independência do Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013.

EDNA, Mara Ferreira da. A Ação da Justiça e a as Transgressões da Moral Processos-crime em Mariana – 1747-1830. Juiz de Fora: Laboratório de História Econômica e Social, da Universidade Federal de Juiz de Fora, 2005.

GALEANO, Eduardo. As Veias Abertas da América Latina. 14ª edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

GERAIS, Estado de Minas. História. Disponível em: https://www.mg.gov.br/conheca-minas/folclore. Acesso em 20 de setembro de 2020.

GONZAGA, Tomáz Antônio. Cartas Chilenas. Disponível em:

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&c o_obra=2011. Acesso em: 20 de setembro de 2020.

MINAS GERAIS. Lei nº 302, DE 1 de julho de 1901. Disponível em: https://www.lexml.gov.br/urn/urn:lex:br;minas.gerais:estadual:lei:1901-07-01;302. Acesso em: 22 de setembro de 2020.

LOBATO, Lydia Maria. Recursos Minerais no cenário geológico de Minas Gerais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, 2018.

MAXWELL, Kenneth. A Devassa da Devassa - Inconfidência Mineira;

Brasil E Portugal, 1750-1808. São Paulo: Cambridge University Press, 1973.

MEIRELES, Cecília. Romanceiro da Inconfidência. Rio de Janeiro: Nova Aguiar S/A, 1977.

PITTA, Sebastião da Rocha. História da América Portuguesa. Bahia: Imprensa Econômica, 1878.

QUEIRÓS, B. Q. A literatura como atividade política. Revista Palavra SESC. RJ. Nº3 ano 4. Págs 21-35 julho de 2012.

QUINTÃO, José Maria. Aquibadam, ponte e vau: no ontem e o no hoje de ferros.

Belo Horizonte: I. Oficial, 1985

RODRIGUES, Roberto Geraldo. Uma viagem pela poética de Carlos Drummond de Andrade, (Re)Tratando a marcante presença de Itabira em sua obra. 2011. 205 f. Tese (Doutorado em Letras). Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2011.

ROMEIRO, Adriana. A construção de um mito: Antônio de Albuquerque e o levante emboaba. Tempo, Niterói , v. 15, n. 29, p. 167-188, Dec. 2010 .Available from

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413- 77042010000200007&lng=en&nrm=iso. access on 22 Sept. 2020. https://doi.org/10.1590/S1413-77042010000200007.

SAINT-HILAIRE, Augusto de. Viagem pelas províncias do Rio de Janeiro e de Minas Geraes. Companhia Editora Nacional, 1938.

VASCONCELOS, Diogo de. História Antiga das Minas Geraes. Bello Horizonte: Imprensa Official do Estado de Minas Geraes, 1904.

VÁZQUEZ, A. S. Ética. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

VERGUEIRO, Laura. Opulência e miséria das Minas Gerais. São Paulo: Brasiliense, 1981.

Publicado
21-09-2021
Seção
Artigos de Discentes e Egressos