DIVERSIFICAÇÃO ECONÔMICA PARA O DESENVOLVIMENTO

Medidas para o fomento da Diplomacia Comercial Angolana

  • Luena Abigail Pimenta Ricardo
Palavras-chave: Angola, COVID-19, Investimento, Desenvolvimento, Diplomacia comercial

Resumo

O tema da pesquisa não versa sobre o Direito Brasileiro, mas convida para a
imersão no Direito Angolano. Ainda que o Brasil e Angola tenham claras
similaridades históricas, seus regramentos não são, entretanto, familiares aos
nossos conhecimentos. Intentou-se clarear certos cuidados que o Estado
Angolano deve ter na implementação de políticas que prezam pela Diplomacia
Comercial e o impacto do Covid-19 no plano de desenvolvimento nacional. A
pesquisa teve como objetivo geral aferir como os investimentos privados podem
contribuir para enfrentar os efeitos da pandemia. O objetivo específico consistiu
em compreender como os investimentos privados e estrangeiros podem
contribuir com o desenvolvimento do país e sua diversificação econômica. A
hipótese é de que os mesmos são essenciais, visto que comprovada o quão
necessária é a variação de fontes econômicas para redução dos efeitos lesivos
das crises na saúde e financeira durante a pandemia. Por fim, entende-se que
as políticas de fortalecimento Angolanas devem ser pautadas em políticas de
soft power, com eficiência internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AFRICAN DEVELOPMENT BANK GROUP. African Economic Outlook. [online] 2017. Disponível em: https://stats.oecd.org/Index.aspx?DataSetCode=AEO. Acesso em: 20 out. 2018.

AFRICAN UNION. UNITED NATIONS. African Continental Free Trade Area: 2017. Compiled by the A African Trade Policy Centre (ATPC) of the Economic Commission for Africa (ECA) in association with the African Union Commission. Disponível em: https://au.int/sites/default/files/documents/33984-docqa_cfta_en_rev15march.pdf. Acesso em: 20 out. 2018.

ANGOLA. Constituição da República De Angola. Luanda: 2010. 92 p. Disponível em: http://www.governo.gov.ao/Arquivos/Constituicao_da_Republica_de_Angola.pdf. Acesso em: 18 out. 2018.

ANGOLA. Lei Constitucional da República Popular de Angola. Luanda: 1975. 9 p. Disponível em: http://cedis.fd.unl.pt/wpcontent/uploads/2016/01/LEICONSTITUCIONAL-de-1975.pdf. Acesso em: 18 out. 2018.

ANGOLA. Lei nº 1, de 23 de abril de 1999a. Lei das Instituições de Credito e Sociedades Financeiras. Disponível em: https://www.lexadin.nl/wlg/legis/nofr/oeur/arch/ang/Lei_Instituicoes_Financeiras.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

ANGOLA. Lei nº 6, de 3 de setembro de 1999b. Leis das Infrações Contra a Economia. Disponível em: https://www.wipo.int/edocs/lexdocs/laws/pt/ao/ao025pt.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

ANGOLA. Lei nº 3, de 29 de março de 2010. Lei da Probidade Pública. Disponível em: http://www.parlamento.ao/documents/36058/0/08.LEI+DA+PROBIDADE+P%C3%9ABLICA?GSBYPASS=AE8753619A663DA3638A2307E15F7B05&N=W2EvH7&M=application/pdf&D=UTF%2d8%27%2708%2eLEI%2520DA%2520PROBIDADE%2520P%25C3%259ABLICA%2epdf. Acesso em: 10 out. 2018.

ANGOLA. Lei nº 34, de 12 de dezembro de 2011. Lei de Combate ao Branqueamento de Capitais e do Financiamento ao Terrorismo. Disponível em: http://www.cmc.gv.ao/sites/main/pt/Lists/CMC%20%20PublicaesFicheiros/Attachments/250/Lei%2034.11.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

ANGOLA. Lei nº 14, de 11 de agosto de 2015. Lei do Investimento Privado. Disponível em: http://www.embajadadeangola.com/pdf/LEI%20DO%20INVESTIMENTO%20PRIVADO.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

ANGOLA. Lei nº 10, de 26 de Junho 2018. Lei do Investimento Privado. Disponível em: http://www.cidadao.gov.ao/VerLegislacao.aspx?id=1171. Acesso em: 18 out. 2018.

COMISSAO INTERMINISTERIAL DE ANGOLA. Covid-19. Online. Disponível em: https://www.covid19.gov.ao/. Acesso em: 13 dez. 2020.

Congresso Ordinário Do MPLA, 7, 2016, Luanda. Disponível em: http://www.mpla.ao/mpla.6/discursos.15/vii-congresso-ordinario-do-mpla discursodo-camarada-presidente.a2584.html. Acesso em: 10 out. 2018.

DELOITTE TOUCHE TOHMATSU LIMITED. Investir com confiança: Lei do Investimento Privado – Investir Em Angola. Angola e Reino Unido. Online 2018. P. 8. Disponível: https://www2.deloitte.com/content/dam/Deloitte/ao/Documents/tax/Brochure_LIP_pt _A4.pdf. Acesso em 10 out. 2018.

KOSTECKI, Michel; NARAY, Olivier. Commercial Diplomacy And International Business. Netherlands Institute Of International Relations “Clingendael”. Netherlands, 2007. p. 1-42). ISSN 1569-2981.

HARVARD LAW SCHOOL FORUM ON CORPORATE GOVERNANCE AND FINANCIAL REGULATION. Principles of Corporate Governance. Cambridge: Business, Roundtable 2016. Disponível em: https://corpgov.law.harvard.edu/2016/09/08/principles ofcorporate-governance/. Acesso em: 20 out. 2018.

Human Development Statistical Update 2018, em 2017. Disponível em: http://report.hdr.undp.org/. Acesso em 10 out. 2018.

Instituto Brasileiro De Governança Corporativa (IBGC). Disponível em: https://www.ibgc.org.br/governanca/governanca-corporativa. Acesso em: 10 out. 2018.

INTERNATIONAL BANK FOR RECONSTRUCTION AND DEVELOPMENT. WORLD BANK. Doing Business 2018: Reforming to Create Jobs.Comparing Business Regulation for Domestic Firms in 190 Economies. Washington, 2010. Disponível em: http://portugues.doingbusiness.org/content/dam/doingBusiness/media/AnnualRepor

ts/Overview/DB10-Overview-Portuguese.pdf. Acesso em: 20 out. 2018.

MAKAU, Mutua. Why Redraw The Map Of Africa: a Moral and Legal Inquiry. (1995), Michigan Journal of International Law, vol. 16, 1995.

JOHNS HOPKINS UNIVERSITY. Coronavirus Resource Center. Disponível em: https://coronavirus.jhu.edu/map.html. Acesso em: 10 dez. 2020.

KAMANHA, P.; Lourenco, Ó; JOÃO, P. O impacto socioeconómico da Covid-19 em Angola. Disponível em:https://www.eumed.net/actas/20/covid/20-o-impacto-socioeconomico-da-covid-19-em-angola.pdf. Acesso em: 13. dez. 2020.

MOVIMENTO POPULAR DE LIBERTAÇÃO DE ANGOLA (MPLA). Melhorar o que está bem, corrigir o que está mal: programa de governo 2017 – 2022. Luanda (Angola): 2017. 80 p. Disponível: http://m.portalangop.co.ao/static/eleicoes2017/pdf/PROGRAMA-

GOVERNO 20172022-MPLA.pdf. Acesso: 10 out. 2018.

NARAY, Olivier. Commercial Diplomacy: A Conceptual Overview. In: 7TH WORLD CONFERENCE OF TPOS. The Hague, The Netherlands, 2008.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). Agenda 2030: 17 Objetivos para transformar nosso mundo. Rio de Janeiro: UNIC, 2015. (Traduzido pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), última edição em 13 de outubro de 2015.) Disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/. Acesso em: 10 out. 2018.

ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO (OECD). Risk Awareness Tool for Multinational Enterprises in Weak Governance Zones. Paris: OECD, 2006. 45 p. Disponível em: https://www.oecd.org/daf/inv/corporateresponsibility/36885821.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO (OECD). Good Practice Guidance On Internal Controls, Ethics And Compliance. Paris: OECD, 2010. (Adopted by the OECD Council as an integral part of the Recommendation of the Council for Further Combating Brib ery of Foreign Public Officials in International Business Transactions of 26 November 2009.) Disponível em: https://www.oecd.org/daf/anti-bribery/44884389.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

PACHECO, Luís; COSTA, Paulo; TAVARES, Fernando. História Económico Social de Angola: do período pré-colonial à independência. [S.L]: População e Sociedade, CEPESE, 2018. vol. 29.

PORTUGAL. Decreto n.º 18.570, de 8 de Julho de 1930. Ato Colonial 1930. Disponível em: https://dre.pt/application/dir/pdfgratis/1930/07/15600.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

PORTUGAL. Decreto-Lei n.º 478, de 6 de novembro de 1971. Reforma o sistema de pagamentos interterritoriais e habilita o Governo e os fundos cambiais das províncias ultramarinas a regularizarem os pagamentos de pedidos de transferências em atraso. Dispõe sobre a importação e exportação de mercadorias e de capitais, assim como sobre o comércio de câmbios. Disponível em:

https://dre.tretas.org/dre/239912/decreto-lei-478-71-de-6-de-novembro#text. Acesso em: 10 out. 2018.

PORTUGAL. Lei n° 1.900, de 21 de maio de 1935. Pacto Colonial. (Alteração.) Disponível em: https://dre.pt/application/dir/pdf1s/1935/05/11500/06970698.pdf. Acesso em: 10 out. 2018.

PORTUGAL, FNLA, MPLA, UNITA. Acordo de Alvor. Algarve, 1975. Disponível em: http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=descon21. Acesso em: 1 out. 2018.

TEIXEIRA, Cariks. A Nova Constituição Económica de Angola e as oportunidades De Negócios E Investimentos. Lisboa (Portugal), 2011. Comunicação Proferida na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

TRALAC TRADE LAW CENTRE NPC. African Continental Free Trade Area (AfCFTA) Legal Texts and Policy Documents. 2018. Disponível em: https://www.tralac.org/resources/by-region/cfta.html. Acesso em: 10 out. 2018.

TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL. Novas medidas contra a corrupção: medidas contra a corrupção. Rio de Janeiro; São Paulo: Transparência Internacional; FGV, [201?]. 160 p. Disponível em: https://unidoscontraacorrupcao.org.br/sumario-novasmedidas.pdf. Acesso em: 1 out. 2018.

UNIÃO AFRICANA. African Continental Free Trade Area - questions and answers (2017). Disponível em: https://www.uneca.org/publications/african-continental freetrade-area-questions-answers. Acesso em: 10 out. 2018.

UNIÃO EUROPEIA. UNITED NATIONS CONFERENCE ON TRADE AND DEVELOPMENT. (Unctad). Train For Trade II: EU-UNCTAD joint Programme for Angola. Disponível em:

https://unctad.org/en/PublicationsLibrary/aldc_train-for-tradeII_flyer.pdf. Angola: 2018. Acesso em: 10 out. 2018.

UNITED NATIONS. Angola diz que Covid-19 afetou as esperanças de revitalização da economia do país. Disponível em: https://news.un.org/pt/story/2020/09/1727132. Acesso em: 09. Dec. 2020.

UNIVERSIIDADE CATÓLICA DE ANGOLA. COVID-19: impactos económicos e sociais em Angola. Disponível em: http://www.ceic-ucan.org/wp-content/uploads/2020/04/COVID19-Impactos-Econ%C3%B3micos-e-Sociais-em-Angola-Contribui%C3%A7%C3%A3o-para-o-debate.pdf. Acesso em: 12 dez. 2020

WORLD BANK, 2020. Doing Business 2020. Disponível em: http://documents1.worldbank.org/curated/en/688761571934946384/pdf/Doing-Business-2020-Comparing-Business-Regulation-in-190-Economies.pdf Acesso em 10 dez. 2020.

WORLD BANK. Figure 1.4. Graph showing GDP Growth in Sub-Saharan African. African Pulse. (2017).

Publicado
28-01-2022
Seção
Temática Livre