Habitação saudável: ampliando a atenção à saúde - DOI: 10.5752/P.2316-1752.2009v16n18/19p147

  • Mateus Porto Hermeto PUC Minas

Resumo

Resumo

Este artigo discute meios e motivos de se intervir nas habitações de áreas favelizadas. A construção de casas pelos moradores dessas áreas, sem o devido conhecimento técnico-científico, pode resultar em ambientes com alto risco de doenças. Nesse sentido, a preocupação com a saúde dessas populações mostrasse fundamental. Por esse motivo é apresentada aqui a proposta de articulação da Rede Brasileira de Habitação Saudável (RBHS) com o Programa Saúde da Família (PSF), que visa acrescentar a esse programa as lógicas de habitação saudável e promoção da saúde, divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O que se espera com este trabalho é alertar para os benefícios da preocupação com a habitação, expressa no trabalho de arquitetura, nas políticas públicas de saúde.

Palavras-chave

 

 

 

: Rede Brasileira de Habitação Saudável; Programa Saúde da Família; Promoção da saúde; Organização Mundial da Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Porto Hermeto, PUC Minas

Graduando da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Publicado
07-05-2010