NATUREZA-ORNAMENTO: A ARQUITETURA MORFOGENÉTICA DO ART NOUVEAU CONTEMPORÂNEO

  • Diogo Ribeiro Carvalho Puc Minas
Palavras-chave: Natureza. Ornamento. Art Nouveau. Morfogênese. Emergência.

Resumo

O presente ensaio objetiva entender a extensão das noções sobre a natureza nos fundamentos arquitetônicos do movimento Art Nouveau no final do século XIX e início do XX. A partir da conexão de conceitos correntes à época – como empatia, abstração, evolucionismo, naturalismo, morfogênese e emergência – pretende-se demonstrar como o complexo natureza-ornamento é traduzido do Art Nouveau para a contemporaneidade, enquanto alternativa crítica ao racionalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo Ribeiro Carvalho, Puc Minas
Arquiteto e Urbanista pela UFMG, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela UFMG, doutorando do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (NPGAU) da UFMG. Professor do Departamento de Arquitetura da PUC Minas.
Publicado
29-11-2017
Seção
Artigos