MHAM- A HISTÓRIA E A CASA DA NOBREZA MARANHENSE DO SÉC. XIX

  • Giovanna Jansen Duailibe Universidade Ceuma
Palavras-chave: MHAM, Residências maranhenses, Edificações do séc XIX, Costumes socioculturais.

Resumo

Este artigo trata da edificação que sedia o Museu Histórico e Artístico do Maranhão – MHAM e abriga uma exposição permanente que utiliza seus cômodos para retratar usos e costumes de uma residência nobre maranhense do séc. XIX. Seu objetivo é analisar como costumes da época influenciavam hábitos e espaços de morar e se justifica pela necessidade de compreensão das transformações desses espaços ao longo do tempo. Para tal, serão analisadas sua tipologia e qualificação do espaço interior, com base no método adotado por Costa e Lima (2005) e em levantamento bibliográfico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovanna Jansen Duailibe, Universidade Ceuma
Arquiteta e Urbanista pela UEMA e Designer pela UFMA, Mestre em Engenharia Civil pela UFSC, Doutoranda do Programa de Doutoramento em Arquitetura da ULISBOA, Professora do Departamento de Arquitetura e Design da Universidade Ceuma.
Publicado
29-11-2017
Seção
Artigos